Haaland
Arquivo
Haaland

O candidato a presidência do Barça, Toni Freixa, deu um passo à frente na campanha eleitoral ciente de que faltam poucos dias para as eleições. O postulante a presidente anunciou que se for eleito vai assinar com três estrelas mundiais, que vão fazer a diferença para a equipe.

Dos reforços, dois seriam para o ataque e um na defesa. "É impossível para Koeman não gostar deles, são jogadores únicos", garantiu.

Questionado sobre os grandes desejos do mercado Haaland e Mbappé, o candidato despistou. "Temos uma máxima, nunca falaremos sobre jogadores até que eles estejam aqui. É uma estratégia ruim porque você serve outros clubes de bandeja para que eles possam pisar na negociação. Mas é absolutamente possível ter Haaland e Mbappé. É o que o Barça deveria fazer", comentou.

Freixa disse ainda que amarrou uma receita de 250 milhões de euros (R$ 1,6 bilhão) para uma aliança estratégica com um investidor. "Temos um investidor que contribuirá com 250 milhões para o Barça Coporate em troca de 49 por cento das linhas de negócios", afirma ele, explicando que trata-se de quatro áreas de negócio independentes.

Sobre a permanência de Messi, o candidato mantém a questão aberta. "Messi deu-nos mais do que o Barça deu a ele. Falei com as pessoas à sua volta, mas não pessoalmente com ele. A oportunidade para ele continuar está aberta. O seu contrato deve ser alinhado com o clube. Temos uma queda no faturamento  e o jogador sabe disso", apontou.

Por fim, falou da permanência do treinador. "O Barça terá uma equipe competitiva que tem de ter e que não tem agora. Tudo será consequência de trabalho. Koeman será treinador até ao fim do contrato, sem dúvida. Dar estabilidade ao treinador e à equipe sempre compensa", diz.

    Leia tudo sobre: Lionel Messi

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários