José Mourinho falou sobre relação com Guardiola
Reprodução/Twitter
José Mourinho falou sobre relação com Guardiola

Neste sábado, o Manchester City recebe o Tottenham pela Premier League. Mais do que o duelo entre duas equipes do chamado 'big 6', a partida é mais um dos inúmeros confrontos entre os icônicos técnicos Pep Guardiola e José Mourinho, que fizeram uma das maiores rivalidades do futebol atual. Nesta sexta-feira, o português fez elogios ao colega de profissão, revelando que os dois se apoiaram em momentos difíceis em suas vidas pessoais.


— Há momentos na vida em que passamos por coisas que não esquecemos. Uma delas foi quando meu pai morreu (em 2017). Pep sabia o quão importante era meu pai para mim e me ligou. Hoje seria aniversário dele, faria 83 anos. Quando a mãe dele morreu (em 2020), eu fiz a mesma coisa. Há coisas que as pessoas não veem e não precisamos compartilhar. Estou falando disso porque tive a oportunidade, mas só tenho boas memórias de quando trabalhamos juntos — afirmou Mourinho, em entrevista coletiva.

O português se referiu aquando dividiram o centro de treinamento do Barcelona, entre 1996 e 1997. Mourinho era auxiliar e tradutor do técnico Bobby Robson, enquanto Guardiola era jogador da equipe. Segundo o treinador, é difícil manter uma relação mais próxima, já que técnicos de futebol costumam conviver apenas os tempos das partidas uns com os outros ao longo da temporada, mas que o passado na Espanha segue em suas lembranças.

— Depois disso, só posso ter bons sentimentos para com ele, não tenho qualquer sentimento ruim. Em relação a partidas de futebol, ou problemas do futebol, se você quiser chamar assim, eu sou da geração em que o que acontece num jogo, fica por lá. Tenho apenas pensamentos positivos e grande respeito.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários