Paul
Instagram
Paul

O ex-meia Paul Gascoigne , que fez sucesso no Newcastle, Tottenham, Lazio e Everton , além de ter jogado pela seleção inglesa nos anos 1980 e 1990, fez uma revelação surpreendente em relação a morte do seu pai.

De acordo com o ex-jogador, em entrevista ao podcast 'Anything Goes with James English", ele socou e cabeceou o cadáver de seu pai John, após ele falecer de um câncer, em 2018. 

"Quando estávamos apenas eu e ele na cama do hospital e ele faleceu, eu pulei na cama e dei um soco nele. Eu dei uma cabeçada e soquei ele e me vinguei de quando era mais jovem", revelou Gascoigne, que após o ato alega que abraçou o corpo de John por cerca de 45 minutos. De acordo com o ex-jogador, o ato extremo foi uma vingança pelos "pecados" cometidos por John no passado. Um deles foi o fato do pai ter o enviado para um hospício, após o ex-jogador ter visitado na cadeia um assassino de policiais em 2010.

Você viu?

Apesar do ocorrido, o jogador revelou que teve bons momentos com seu pai. "Eu adorava levá-lo ao redor do mundo comigo quando jogava. Devo ter comprado para o meu pai cerca de 80 carros e 18 barcos e casas. Divorciei-me e dei muito dinheiro para a minha família. Gastei muito com casas, comprando e alugando diversos lugares”, diz ele, que sofre com a degradação da sua saúde mental ao longo dos anos, diante da sua antiga dependência do álcool e da cocaína.

Sobre o seu atual momento de vida, o jogador diz que está no caminho correto. "Eu sei que fico mais feliz quando não estou bebendo. Às vezes posso ser um bêbado triste. No ano passado, não só eu, mas todo o país estava lutando com relação ao trabalho, mas eu tenho trabalho voltando. Estou apenas no caminho certo”, concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários