Messi está próximo de deixar o Barcelona
Reprodução
Messi está próximo de deixar o Barcelona

O Barcelona terá que desembolsar 38,9 milhões de euros (cerca de R$ 257 milhões) a Messi no dia 15 de junho,  independentemente da permanência do craque, segundo o jornal 'El Mundo'. O valor refere-se a uma bonificação no contrato pelo fato de o argentino jogar até 1 de fevereiro de 2021.



Essa é uma das muitas cláusulas no contrato entre Barcelona e Messi que a publicação revelou desde o fim de semana. Essa não é a primeira vez que o clube desembolsa 39 milhões de euros como bonificação. Esse valor também já foi pago ao craque em março de 2020.

Você viu?

Ao todo, até o fim do contrato que foi assinado em 2017 e termina em 30 de junho deste ano, Messi receberá mais de 555,2 milhões de euros (cerca de R$ 3,65 bilhões). Vale lembrar que o craque argentino já pode assinar um pré-contrato com qualquer clube.

"Quando o acordo já não estiver em vigor e o jogador tiver possivelmente concretizado o seu desejo anunciado, o Barcelona terá de enfrentar um último pagamento milionário, com base na cláusula de lealdade do jogador", diz a matéria do 'El Mundo'.

O vazamento de dados sigilosos do contrato de Messi revoltou elenco e o técnico Ronald Koeman. Após a repercussão negativa dos valores chamados de "faraônicos" pela publicação espanhola, o Barcelona se pronunciou por nota oficial no último domingo (31) e negou a responsabilidade.

"O Barcelona nega categoricamente qualquer responsabilidade pela publicação deste documento, e tomará as medidas legais cabíveis contra o jornal El Mundo, pelos danos que possam ser causados em decorrência desta publicação. O Barcelona apoia Lionel Messi, especialmente em face da tentativa de desacreditar a sua imagem".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários