Cavani
Reprodução
Cavani

A Conmebol  divulgou, nesta terça-feira, uma nota onde questiona a suspensão por três jogos do atacante Edinson Cavani , que usou uma frase que foi considerada racista em suas redes sociais. Após ser parabenizado por um amigo, ele agradeceu escrevendo "gracias, negrito" . Para a entidade, não levou-se em conta as "características culturais" do Uruguai.


"A medida disciplinar para o jogador destacado da seleção uruguaia claramente não leva em consideração as características culturais e o uso de certos termos na fala cotidiana do Uruguai", dizia um trecho do comunicado.

"A Conmebol expressa sua solidariedade ao jogador Edinson Cavani , sancionado pela Federação Inglesa de Futebol . A medida disciplinar para o jogador destacado da seleção uruguaia claramente não leva em consideração as características culturais e o uso de certos termos na fala cotidiana do Uruguai.

O julgamento desses tipos de declarações, no âmbito de um processo que pode acarretar em penalidades para o atleta e que afetam sua reputação e bom nome, deve ser sempre realizado levando em consideração o contexto em que foram feitas e, sobretudo, as peculiaridades culturais de cada jogador e de cada país.

A Conmebol condena e sempre condenará com a maior energia qualquer manifestação racista ou discriminatória, mas o caso específico para o qual Cavani foi sancionado não constitui uma delas."



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários