Lance

Caso de racismo
Lance!
Mauro Beting

Um caso chamou a atenção do mundo durante a partida entre PSG e Basaksehir pela Liga dos Campeões nesta terça-feira . Uma acusação de racismo feita pelo assistente Pierre Webo contra o quarto árbitro da partida, que teria se referido ao ex-jogador como "aquele homem negro" , revoltou todos os jogadores e os times se retiraram de campo, forçando a suspensão da partida.

Durante a transmissão da partida , o comentarista Mauro Beting, do Esporte Interativo, fez coro a atitude dos jogadores e se revoltou com a situação. A Uefa, que tentou reiniciar a partida, foi bastante criticada pelo jornalista, que afirmou que iria abandonar a partida caso o jogo fosse reiniciado.

- Se a gente conseguiu superar uma pandemia, a gente consegue superar um jogo a mais para depois. Não é uma questão de pontuação, de confronto direto. É um confronto direto, aliás, contra a humanidade. É um negócio desumano se a gente continuar o jogo, como infelizmente aconteceu várias vezes em diversos jogos que não deveriam acontecer. É um mínimo de humanidade e respeito que a gente quer. Não pode voltar a ter jogo. Repito: Se voltar o jogo, não vai ter comentarista. Evidentemente, estarei submetido ao que vier, mas eu não comento mais esse jogo. Isso não é brincadeira. Isso é muito sério - afirmou.

Depois de diversas tentativas de acordo com as equipes, a UEFA jogou a toalha e decidiu adiar a realização da partida para uma data não definida. O PSG chegou a aceitar a reinicialização da partida, mas os jogadores do Basaksehir se negaram a sair do vestiário.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários