Ryan Giggs
Divulgação
Ryan Giggs

Ryan Giggs está mais uma vez no centro da polêmica. O ex-jogador do Manchester United (1990-2014), hoje treinador do País de Gales, foi detido após a namorada, Kate Greville, ter feito uma queixa por violência doméstica.

Ele negou todas as acusações e foi libertado após pagamento de fiança. A polícia de Manchester, por sua vez, confirma que foi chamada a casa do técnico devido a distúrbios. Além disso, aponta que a namorada teria sofrido ferimentos leves, não sendo necessário ir ao hospital. Em nota, aponta ainda que “um homem de 46 anos foi detido por suspeita de agressão”.

A Federação do País de Gales fez um comunicado para informar que Giggs vai estar ausente dos jogos da seleção contra os Estados Unidos, República da Irlanda e Finlândia, devido a este caso. “Concordamos que a prioridade imediata é preparar a equipe para os jogos internacionais que se aproximam. Robert Page, com o apoio de Ryan, estará à frente da seleção”.

Por sua vez, Rhodri, o irmão de Giggs, falou sobre o caso. "Todo mundo tem uma fraqueza e a de Ryan é que ele precisa dormir com uma mulher toda vez que sai. Ele é viciado em sexo", afirmou.

Vale lembrar que Rhodri tem uma relação de altos e baixos com o ex-jogador. Os problemas começaram em 2011, após Ryan ter tido um caso com a então esposa do irmão (ou seja, sua cunhada).

Questionado sobre os sentimentos que tem ou se sente raiva, respondeu: “Não, não é assim. Na verdade, sinto muito por ele. Ele teve uma carreira incrível, mas está manchada e isso não depende de mim. Depende de suas próprias infidelidades. Fui fiel”, concluiu.

    Veja Também

      Mostrar mais