O próximo presidente do Barcelona , a pós a renúncia do  Josep Maria Bartomeu , terá um grande desafio pela frente: tentar manter Messi na equipe, algo bem complicado, já que o argentino decidiu cumprir o seu contrato até o meio do ano que vem e partir para uma nova experiência.

Porém, um dos candidatos a ocupar a principal cadeira do time espanhol traça planos para convencer o argentino e quer apresentá-lo mesmo antes da eleição.

Jordi Farré, aspirante a presidente, explicou as ideia que tem para Messi. “O Leo vai jogar onde quiser. Acho que temos que fazer um contrato aberto para ele decidir se aposentar a qualquer momento. Ficaremos muito felizes se ele nos pedir para jogar um ano no Newell's e voltar para nunca mais deixar o Barcelona. Na vida é importante seja grato", explicou Farré, revelando um plano que vai dar mais liberdade ao jogador.

Seu grande objetivo é a aposentadoria de Messi no Barça e, longe de esperar chegar ao poder, tentará amarrá-lo antes de saber o resultado eleitoral. “Não vamos esperar nem vencer para falar com o pai do Leo. Vamos trabalhar para chegar às eleições com a tranquilidade de que ele vai ficar. Temos um projeto de vida para ele", explicou.

Além destes planos contratuais, Farré tem um projeto pessoal ao atacante e pretende transformá-lo em um novo Michael Jordan . "Messi tem que ser a imagem do clube, seja como presidente honorário ou embaixador, vamos fazê-lo ganhar dinheiro. Também temos um projeto econômico para reunir as marcas Barcelona e Messi, mas antes preciso explicar a ele pessoalmente. É um projeto brutal. Podemos transformar Messi no novo Jorda", diz.

A permanência ou não de Messi é um dos temas centrais deste novo processo eleitoral em Barcelona. O craque argentino termina seu contrato em 30 de junho de 2021 e a partir deste janeiro pode negociar com outros clubes.

    Veja Também

      Mostrar mais