Felix Magath
EFE
Felix Magath

O polêmico treinador Felix Magath , com passagens por Eintracht Frankfurt, Estugarda, Bayern Munique, Wolfsburgo, Schalke, Fulham e Shandong Luneng, fez duras críticas a Pep Guardiola , treinador do Manchester City .

Em entrevista a Bild, ele apontou que acredita que o estilo de jogo preconizado pelo treinador catalão não teria sucesso sem Lionel Messi . Os dois conquistaram duas Liga dos Campeões, três campeonatos, duas Taças do Rei e três supertaças.

"Foi o Messi que ganhou títulos, não o Guardiola. Sem o argentino, aquilo nunca funcionou muito bem. Caso contrário, o Pep já teria sido campeão europeu com o Bayer Munique ou Manchester City. Ele perde-se muitas vezes a tentar vencer antes do tempo e acaba por tomar decisões erradas que impedem o sucesso", atirou o treinador alemão de 67 anos.

Magath viveu seu auge como treinador entre 2004 e 2009, quando passou por Bayern de Munique e Wolfsburg , levando ambos ao título nacional. Desde então, porém, ele não conseguiu emplacar bons trabalhos e acumula polêmicas.

Uma das principais foi em sua segunda passagem pelo Wolfsburg, quando Magath entrou em conflito com Diego , hoje no Flamengo . Após ir bem no Atlético de Madrid por empréstimo, o meia brasileiro retornou à Alemanha, mas o treinador o acusou de fazer corpo mole e o mandou para o time B, na quarta divisão nacional.

Ele também teve problemas com Diego Tardelli , que utilizou o Twitter para criticar a metodologia de treinamento do treinador. Em coletiva de imprensa o técnico respondeu. "Eu não sei se Tardelli está em posição para questionar meus métodos de treinamento. Nós trabalhamos algumas vezes juntos, então eu duvido que ele tenha problemas com meus métodos. Sua infelicidade tem mais a ver com razões pessoas e não com meus treinamentos", comentou.

Famoso pelos métodos rigorosos, ele foca o trabalho em treinamentos físicos intensos e mandava jogadores escalarem montanhas, por exemplo. Até por isso, em sua carreira recebeu o apelido de Saddam, comparando-o ao ditador iraquiano Saddam Hussein .

Vários outros já foram vítimas de sua rigidez, como o também brasileiro Rafinha, o costa-riquenho Bryan Ruíz e o grego Kostas Mitrologou.

    Veja Também

      Mostrar mais