Lance

Josep Maria Bartomeu, presidente do Barcelona
Divulgação
Josep Maria Bartomeu, presidente do Barcelona


O Barcelona apresentou nesta segunda-feira o fechamento das contas da última temporada e, assim como em muitos clubes, a pandemia do novo coronavírus fez o clube perder dinheiro. Segundo o relatório, o Barça perdeu 97 milhões de euros (cerca de R$ 644 milhões).

Segundo o vice-presidente econômico do Barcelona, Jordi Moix, se não fosse a doença o clube teria arrecadado 1,047 bilhão de euros (R$ 6,95 bilhões). Entretanto, o faturamento foi 18% abaixo da previsão: 855 milhões de euros (R$ 5,68 bilhões).

Com estes números, a dívida do Barcelona saltou de 271 milhões de euros (R$ 1,8 bilhão) para 488 milhões de euros (R$ 3,24 bilhões). Segundo Moix, o clube é "um barco durante uma tempestade forte".


- Agora resta remar, ajustar o barco para levá-lo a porto seguro e que a crise afete o menor possível a curto prazo - disse o vice-presidente.

Para a nova temporada, a previsão orçamentária da equipe catalã é de 791 milhões de euros (R$ 5,25 bilhões).

    Veja Também

      Mostrar mais