Lance

Pepê abriu o placar para o Grêmio
Reprodução / Twitter Conmebol
Pepê abriu o placar para o Grêmio

Em Porto Alegre, o Grêmio bateu a Universidad Católica por 2 a 0 e ficou mais próximo da classificação para as oitavas de final da Libertadores . Agora, o Tricolor é líder isolado do gurpo E, com 10 pontos. O time chileno tem apenas quatro pontos.


Na próxima rodada, o Tricolor recebe o América de Cali. Já os Cruzados medem forças com o Inter, no Chile.

O duelo

Como todo bom mandante, o Grêmio tentou criar um volume de jogo no início do jogo, mas nenhuma chance clara de gol. Por outro lado, a Católica assustou no escanteio com Aued, que exigiu ótima defesa de Vanderlei.

Com pouca posse de bola, o Tricolor buscava ser mais objetivo quando avançava e assustou em chute de Robinho. O meio-campo recebeu na grande área e bateu firme. A bola subiu por cima do gol.

Antes do intervalo, Orejuela, em falha da marcação da Católica, levou perigo de fora da área. O lateral soltou o pé e Dituro caiu para defender.

Na volta dos vestiários o Grêmio voltou fulminante. Com apenas 1 minuto de jogo, Diego Souza deu uma casquinha no cruzamento da direita e deixou Pepê livre. O garoto soltou o pé e venceu o goleiro, 1 a 0.

No prejuízo, a Católica se lançou ao ataque e apostou na bola aérea para tentar o empate. Confusa, a zaga do Grêmio tinha dificuldade para se livrar dos ataques e assustava o técnico Renato Gaúcho.

Com espaço para criar e explorar a velocidade, o Grêmio chegou ao segundo gol. Alisson deu um lindo drible e cruzou para Rodrigues. Sozinho, o zagueiro só teve o trabalho de empurrar para dentro do gol, 2 a 0.

Sem forças, a Católica até manteve presença no campo ofensivo, mas a falta de objetividade foi gritante. Melhor para o Grêmio que segurou o triunfo sem maiores problemas.

    Veja Também

      Mostrar mais