A saída do atacante Neymar da Nike , patrocinadora que mantém contrato desde as categorias de base do Santos , pegou muitas pessoas de surpresa, porém, é um caminho sem volta.

Após confirmação, o atacante fez, na madrugada desta terça-feira, uma verdadeira "limpa" das referências que tinha em relação à Nike e que existiam em suas páginas de abertura de redes sociais e do seu site oficial.

Além disso, o link que levava para a loja da marca para a compra de produtos foi extinto. Até a logomarca de Neymar , que contava com o logotipo da antiga parceira, foi alterado.

Apesar das partes não confirmarem negociação e muito menos um acordo, o jogador brasileiro deve se tornar o protagonista da Puma, papel que não tinha com a antiga parceira, já que muitas vezes era deixado em segundo plano nas disputas com o português Cristiano Ronaldo e o companheiro de equipe, Mbappé .

Informações dão conta que o anúncio da nova patrocinadora do atleta ocorra já nos próximos dias. Porém, até lá, nada será comentado a respeito para evitar vazementos. Em contato feito pelo iG , a assessoria de imprensa da Puma no Brasil apontou que "no momento não há nenhum posicionamento sobre esse assunto".

Se realmente o destino for a fornecedora alemã, Neymar se juntaria ao argentino Kun Aguero e ao uruguaio Luis Suarez como principais garotos-propagandas da marca, que também voltaria a ser uma das protagonistas no mercado de futebol.

O que se sabe. porém, é que, seja qual for a nova empresa que patrocinará o jogador, terá que colocar a mão no bolso. Neymar recebia 30 milhões de dólares por ano da Nike e tinha contrato até 2022.

    Veja Também

      Mostrar mais