A classificação, no sufoco, do PSG para a semifinal da Champions League, diante da Atalanta , provocou uma grande festa nos vestiários da equipe fancesa, numa mistura de alegria, emoção e alívio.

Após uma boa atuação da equipe italiana, tudo indicava que os franceses seriam eliminados da competição, mas o brasileiro Marquinhos conseguiu empatar no último minuto após receber passe de Neymar. E, já nos acréscimos, o camisa 10 do time de Paris achou o francês Kylian Mbappé, que descolou uma assistência para Eric Maxim Choupo-Moting virar o jogo.

Diante do sufoco, até o presidente e dono do PSG, Nasser Al-Khelaïfi, foi aos vestiários para abraçar os jogadores e o técnico. Na ocasião, aproveitou para afirmar que Neymar e Mbappé, as duas principais estrelas do clube parisiense, permanecerão no Parque dos Príncipes e não deixarão a equipe.

- Neymar, junto com o Mbappé, é um dos melhores jogadores do mundo, está entre os três primeiros. Neymar foi o homem do jogo, ele fez um grande jogo. Ele e Kylian nunca vão embora, vão ficar no PSG", garantiu.

O presidente do clube francês também comemorou a vaga nas semifinais depois de 25 anos, especialmente porque a equipe comemora 50 anos nesta quarta-feira. "É muito especial para nós, porque é o aniversário do clube. Precisamos de mudar a mentalidade do clube, dos torcedores e da imprensa, porque todos duvidam do Paris Saint-Germain o tempo todo. Hoje todos deram 200% e estou muito orgulhoso. Todos disseram que não estávamos preparados, mas provamos o contrário, com uma boa mentalidade e grandes jogadores", disse.

Veja a festa nos vestiários e a entrevista de Neymar após o jogo:



    Veja Também

      Mostrar mais