Juiz agredido
Reprodução
Juiz agredido

O ex-astro da Rússia, Roman Shirokov, de 39 anos, deu um soco no rosto do árbitro Nikita Danchenko e depois o chutou no chão, durante a "Copa das Celebridades", um campeonato amistoso disputado no país.

Jogando pela Match TV, canal para o qual trabalha como comentarista, Shirakov ficou furioso quando não teve um pênalti marcado. Ao contestar a decisão, avisou ao árbitro: "se me der o vermelho acerto você".

Ao receber o cartão, cumpriu a "promessa" e derrubou o árbitro com um forte gancho. O ex-craque do CSKA Moscou e do Zenit também conseguiu acertar um chute no juiz antes que os outros jogadores conseguissem impedir novas agressões. 

Danchenko ficou com o rosto terrivelmente inchado e um corte feio acima do olho. Após o incidente, Shirokov se desculpou por sua explosão, dizendo:

"Gostaria de expressar minhas sinceras desculpas a Nikita por tal ato impróprio. Estou bem ciente de que não aplicar uma penalidade óbvia e depois mostrar o cartão vermelho não pode ser uma razão para isso. Espero que Nikita volte ao serviço o mais rápido possível. Também quero pedir desculpas aos organizadores do torneio, meus companheiros de equipe, Match TV e telespectadores", revelou.


Mesmo assim, o árbitro planeja fazer um Boletim de Ocorrência contra o ex-jogador, porém, segundo informações, teme que isso acabe com a sua carreira devido à força de Shirokov no país.

"Passei quatro a quatro horas e meia no hospital, depois outros 15-20 minutos na sala de emergência. Eles colocaram pontos em todo lugar, fizeram um monte de exames. O que não te mata te torna mais forte, como dizem. Portanto, continuamos a ir mais longe e a trabalhar. Quero agradecer a todos pelas palavras de apoio, este é um momento difícil para mim e para meus entes queridos", apontou o agredido.


Shirokov, que jogou 57 partidas pela seleção Rússia, também foi suspenso das suas atividades na emissora de televisão.

Veja a agressão:


    Veja Também

      Mostrar mais