Jogador é acusado de atropelar motociclista
Reprodução
Jogador é acusado de atropelar motociclista

O meia  Juan "Lolo" Abente , do 12 de outubro, da primeira divisão do Paraguai, violou a quarentena em vigor naquele país, devido à pandemia da Covid-19 , e, embriagado, atropelou um motociclista. Para piorar, fugiu do local e foi perseguido pela polícia.

O acidente ocorreu nas primeiras horas deste domingo na rota Vergel Luqueño e Hernandarias. Segundo informações, ele, que tem passagem pelo Olímpia, comandava um carro da marca Toyota e bateu na traseira de uma motocicleta, guiada por Miguel Ángel Lezcano, de 22 anos, que sofreu ferimentos leves .

Juan abandonou sua vítima e tentou fugir, mas, foi interceptado por policiais a aproximadamente 30 quarteirões do local do acidente.

Ambos motoristas foram transferidos para a delegacia com seus veículos e depois foram para a sede da Patrulha Rodoviária, em San Lorenzo, para a realização do teste do bafômetro, ficando constatado que  “Lolo” estava alcoolizado. 

A polícia registrou o fato como uma violação de quarentena, acidente e omissão de socorro. A promotora responsável, Mirta Ortiz, ordenou a apreensão preventiva do meia, mas depois o liberou. Além disso, o jogador chegou a um acordo com a vítima e pagará todos os danos.

O 12 de Outubro, por sua vez, confirmou que o Juan está afastado pelo resto da temporada. Em nota, falou em ato "lamentavel e irresponsável" e pediu desculpas para toda "família do futebol", já que está sendo feito um esforço grande no Paraguai para o retorno dos jogos.

O campeonato paraguaio tem volta marcada para o próximo dia 17 de julho.

Veja mais sobre o caso:



    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários