Jogador é preso
Reprodução
Jogador é preso

O ex-jogador do Independente e da seleção de base da Argentina , Alexis Zárate , que em 2017 havia sido condenado por abuso sexual de uma jovem, foi preso em Avellaneda, em Buenos Aires, depois que o Supremo Tribunal da província rejeitou um recurso federal extraordinário apresentado por sua defesa.

Zárate foi detido por volta das 16 horas na porta de sua casa, na cidade de Pineyro, e foi transferido para uma delegacia de polícia e agora aguarda o Serviço Penitenciário de Buenos Aires para encontrar um local em uma prisão na província, onde ele deve cumprir uma sentença de seis anos e meio.

A prisão foi ordenada pelo juiz Nicolás Plo. A advogada Raquel Hermida Leyenda, que representa a vítima do estupro, expressou sua satisfação com a decisão do juiz e disse que "a justiça foi feita depois de tantos anos".

"Todos nós ainda estamos chorando com a família de emoção, totalmente felizes e de alguma forma acreditando que a justiça foi feita. A verdade é que foi uma grande conquista", disse ela.

Antes de ser alojado em uma unidade penitenciária, devido ao protocolo de segurança sanitária, o ex-jogador será submetido a um exame para detectar se foi contaminado com o novo coronavírus.

O advogado de defesa confirmou que na próxima terça-feira entrará com uma queixa no Supremo Tribunal de Justiça, embora a opção não tenha efeito suspensivo sobre a sentença. Então Zárate deve esperar na prisão até que seu caso seja resolvido.

    Veja Também

      Mostrar mais