Napoli conquistou a Copa da Itália ao bater a Juventus na final
Reprodução/Twitter Juventus
Napoli conquistou a Copa da Itália ao bater a Juventus na final

O Napoli fez valer a superioridade durante o tempo normal e desbancou a Juventus com uma vitória nos pênaltis por 4 a 2, conquistando o seu sexto título da Copa da Itália . Dybala e o brasileiro Danilo erraram as cobranças para Velha Senhora e Milik sacramentou a conquista do Napoli ao deslocar Buffon e fechar a partida.

O JOGO

As duas equipes entraram em campo com uma postura ofensiva e a partida foi muito equilibrada durante a primeira etapa, com chance de gol para os dois lados. Aos 19 minutos, Bentancur faz boa jogada e chuta de fora da área, obrigando Meret a fazer boa defesa. O Napoli respondeu logo em seguida com a melhor chance do primeiro tempo. Aos 23, Insigne cobrou falta buscando o ângulo e acertou o travessão de Buffon. O Napoli ensaio uma pressão. Aos 40, após cobrança de escanteio da direita, Insigne arriscou da entrada da área, colocado, e Buffon foi no canto direito para fazer a defesa.

Na volta para o segundo tempo, o jogo ficou amarrado no meio-campo e as oportunidades só aparecem perto do fim do tempo normal. Aos 26, Politano arriscou chute de fora da área, mas Buffon defendeu com tranquilidade para a Juventus . A Velha Senhora passou a dominar a posse de bola, mas esbarrava na boa defesa do Napoli e tinha dificuldade para criar.

Apesar de ter menos a bola, o Napoli assustava mais nas trocas de bola em velocidade. Aos 38, Politano recebeu na ponta direita e cruzou forte. A bola passou por todo mundo até chegar em Insigne, na esquerda, que emendou um chute para fora assustando a meta da Juventus. Aos 47, Bernardeschi errou o domínio e acabou cedendo o escanteio ao Napoli no último lance da partida, mas a estrela de Buffon brilhou para salvar a Juve.

Após a cobrança de escanteio, Maksimovic cabeceou firme, no chão, e Buffon fez uma defesa espetacular. No rebote, à queima roupa, o ídolo da Juventus ainda conseguiu uma linda defesa na pequena área e levou a partida para os pênaltis.

Nas penalidades, a pontaria dos jogadores da Juventus não estava afiada. Dybala viu Meret defender a primeira cobrança e o brasileiro Danilo isolou a segunda batida da Juve. O Napoli foi impecável e, na quarta cobrança, Milik deslocou Buffon e garantiu o título para o Napoli com a vitória de 4 a 2 nos pênaltis.

    Veja Também

      Mostrar mais