O atacante de Watford, Troy Deeney , tem uma posição forte em várias questões, incluindo a homossexualidade no futebol. Segundo ele, existem vários jogadores de futebol que falam abertamente sobre o assunto, desde que alguém o faça primeiro.

Leia também: Namorado da mãe de Neymar viveu 'trisal' com casal gay, afirma ex

Tony Deeney
Reprodução/Instagram
Tony Deeney


"Eu diria que provavelmente há pelo menos um jogador de futebol gay ou bissexual em cada time de futebol. Eles estão lá, estou 100% certo de que é assim. Se alguém se assumisse, estou convencido de que na primeira semana haveria pelo menos cem pessoas que fariam o mesmo. O problema é que ninguém quer ser o primeiro", disse o jogador britânico ao podcast da BBC.

Leia também: A dura realidade dos times de futebol LGBT na luta pela sobrevivência

O capitão do Watford destaca também que a maioria dos jogadores se assume após a aposentadoria dos gramados. Atomaticamente, todos consideram que declarar sua homossexualidade é prejudicial do ponto de vista profissional para quem trabalha com a imagem em um ambiente ainda em descontrução como o futebol.

Leia também: Jogador diz que incêndios são respostas de Deus a casamento gay e aborto

"Também me pergunto por que muitos esperam parar de jogar futebol, rugby ou qualquer outro esporte que pratiquem e depois admitem que são homossexuais. A impressão é que é algo realmente pesado para carregar durante sua carreira esportiva", disse o atacante de 31 anos.

    Veja Também

      Mostrar mais