Rio - O argentino Ernesto Fárias , ex-jogador do Cruzeiro , foi acusado nesta segunda-feira de agredir uma mulher na Argentina e também foi denunciado por violação das medidas de isolamento no país. Segundo os jornais La Nación e Olé, as autoridades policiais teriam recebido telefonemas de pessoas que reclamavam da presença de uma mulher em uma residência da cidade de La Plata.

Leia também: Em depoimento, mãe de Neymar e namorado alegam acidente doméstico

Ernesto Fárias
Reprodução/Instagram
Ernesto Fárias


Nadia Denise Figueroa, de 23 anos, foi encontrada no local bastante nervosa e afirmou que o jogador havia apagado as mensagens do celular dela, que comprovavam que ela tinha sido agredida fisicamente.

Leia também: Dele Alli é assaltado em casa e leva soco de bandido, diz jornal

Além dela, duas outras pessoas foram encontradas na residência: Nicolás Contari, de 37 anos, que apresentava ferimentos no nariz, e Elena Carrizo Castro, peruana de 22 anos, afirmou ter hematomas no corpo.

Ernesto, que se aposentou em 2017, confirmou que recebeu as três pessoas no local e revelou que Nadia estava alcoolizada ao ponto de "quebrar vários pertences do local" e "agredir aos presentes".

Leia também: Namorada de jogador do Boca denuncia agressão durante quarentena

Os quatros foram levados à delegacia e denunciados por violação do isolamento social. Porém, a polícia ainda avalia as acusações de Ernesto e Nadia feitas um pelo outro.

    Veja Também

      Mostrar mais