Nove estádios de Portugal foram liberados para sediar partidas quando o Campeonato Português reiniciar após a paralisção causada pela pandemia do novo coronavírus.

Leia também: Liga Portuguesa comunica que campeonato retornará em 4 de junho

sporting
Reprodução
Estádio José Alvalade, casa do Sporting


Além dos nove estádios que foram aprovados nas inspeções, outros seis precisam de melhorias e estã osujeitos a uma segunda inspeção pela diretoria de saúde do governo (DGS), de acordo com a liga.

Leia também: Cristiano Ronaldo não vai parar até bater Pelé em gols, diz ex-United

Os estádios  Vitória de Guimarães, Tondela, Porto, Sporting, Benfica, Marítimo, Braga e Portimonense foram liberados, juntamente com o centro de treinamento da equipe nacional em Lisboa, que também será usado em jogos.

A DGS disse que haverá "várias correções" nos estádios de Vitória de Setúbal, Boavista, Desportivo Aves, Rio Ave, Gil Vicente e Paços de Ferreira.

As outras quatro equipes da liga não colocaram seus campos para inspeção.

A DGS afirmou que um número mínimo possível de estádios deve ser usado, embora isso possa ser um obstáculo, já que vários clubes já se queixaram de não poderem jogar em seus estádios.

Dez rodadas terão de ser disputadas entre 4 de junho e 26 de julho para completar a temporada do Campeonato Português que se transformou em uma corrida entre dois rivais, o Porto, que lidera com 60 pontos, e o Benfica, que está um ponto atrás.

    Veja Também

      Mostrar mais