Liga dos Campeões pode sofrer alterações no calendário arrow-options
UEFA/DIVULGAÇÃO
Liga dos Campeões pode sofrer alterações no calendário

O Comitê Executivo da Uefa teve uma importante reunião via videoconferência nesta quinta-feira e atualizou os planos em relação ao calendário diante da pandemia do coronavírus.

Dos dois cenários examinados pelo grupo de trabalho do calendário, ambos vislumbram os início das competições nacionais antes dos torneios da UEFA.

Um deles faria competições em paralelo e o outro prevê conclusão de todas as competições nacionais antes de reiniciar os torneios continentais, em agosto.

A Uefa considerou que as associações nacionais podem ter razões legítimas para prematuramente encerrar as ligas domésticas, em particilar nos casos a seguir:

- Existência de uma ordem oficial proibindo eventos esportivos, assim não seria possível concluir a temporada atual a tempo de começar a seguinte.

- Problemas econômicos intransponíveis que colocariam em risco a estabilidade financeira dos clubes/competições a longo prazo.

Ainda seguindo essa hipótese, a Uefa apontou a forma com a qual os clubes seriam classificados para os torneios continentais na temporada 2020/2021. O princípio do mérito esportivo deve ser usado:

- O processo de seleção dos clubes deve ser baseado em princípios objetivos, transparentes e não-discriminatórios. As associações nacionais devem ter a capacidade de decidir a classificação final tendo em conta as circunstâncias específicas de cada competição.

A Uefa deixou claro que se reserva ao direito de avaliar ou até recusar a admissão de qualquer clube proposto pelas associações nacionais que concluírem suas ligas prematuramente. A Uefa admite até mesmo usar como argumento para vetar um clube "existência de percepção pública de injustiça na qualificação" do escolhido.

    Veja Também

      Mostrar mais