IFAB altera algumas regras para a temporada 2020/21
CBF/Divulgação
IFAB altera algumas regras para a temporada 2020/21

Algumas regras do futebol serão alteradas a partir da temporada 2020/21. As mudanças foram anunciadas pela International Board (IFAB), na última terça-feira (07), e começam a vigorar a partir do dia 1º de junho. Dentre as principais novidades, a regra que trata do toque de mão na bola é a que mais se destaca.

Leia também: Como Ronaldinho Gaúcho pagou a fiança milionária para sair da cadeia no Paraguai

A partir do meio do ano, o toque no começo do braço não será mais considerado infração. De acordo com a determinação, “se estabelece o limite do braço no ponto inferior da axila”.

Outra alteração importante é a de que o toque involuntário de mão na bola , quando um time estiver atacando, não precisará necessariamente ser considerado faltoso. A infração só deverá ser marcada quando levar a um gol ou a uma ocasião de gol. Antes, os árbitros precisavam marcar qualquer toque de mão na bola, mesmo sendo involuntário.

O documento da IFAB também traz uma mudança no que diz respeito às cobranças de pênaltis. Caso o goleiro cometa uma infração, a cobrança só poderá ser repetida dependendo do desfecho da batida. No caso de o goleiro se adiantar, por exemplo, e a bola for para fora ou bater na trave, a cobrança não será repetida.

Na hipótese da cobrança ser repetida por infração do goleiro, este será advertido. E, caso cometa uma nova infração, receberá o cartão amarelo.

Os campeonatos que começarem antes de 1º de junho poderão escolher se irão aderir às novas regras ainda nesta temporada ou na próxima. O Brasileirão , que, em princípio, começa em maio, se enquadra neste cenário.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários