Lionel Messi durante aquecimento do Barcelona
AS.com / Reprodução
Lionel Messi durante aquecimento do Barcelona

"É a primeira vez que vejo Messi com um pé fora de Barcelona". Esta foi a frase de Lobo Carrasco, ex-jogador do próprio clube catalão na década de 80 e atual comentarista de TV na Espanha, no programa El Chiringuito .

Leia também: Lionel Messi rebate críticas de Abidal: "Cada um deve cuidar das suas tarefas"

Segundo Carrasco, o craque argentino está insatisfeito com a crise interna que vive o Barça e, também, não vem tendo boa relação com alguns companheiros de time, em especial com o francês Griezmann , que chegou nesta temporada.

Um vídeo divulgado pelo Deportes Cuatro  escancarou esse momento conturbado de Messi no clube espanhol.

As imagens mostram o elenco do Barcelona fazendo uma rodinha de conversa antes de alguns jogos deste ano, o que sempre foi uma tradição no time. Porém, no último dia 25 de janeiro, antes da derrota por 2 a 0 diante do Valencia, Messi quebrou essa prática.

Messi se recusa a participar de rodinha de conversa
Reprodução
Messi se recusa a participar de rodinha de conversa

Griezmann e Piqué iniciaram o movimento para formar a rodinha, mas Messi passou reto, caminhando rumo ao vestiário, se negando a participar do papo. Isso, segundo a imprensa espanhola, é um claro indício da insatisfação do argentino no clube.

Confira no vídeo abaixo:

O clima no Barcelona não é dos melhores desde a demissão do técnico Ernesto Valverde  e a chegada do substituto Quique Setién. Segundo informações do  Deportes Cuatro , Messi está farto do presidente Josep Maria Bartomeu e outros membros da diretoria.

A troca no comando dividiu o vestiário da equipe, com alguns atletas favoráveis à demissão de Valverde e outros totalmente contra, como Messi.

Nesta semana, Éric Abidal, diretor do clube, disse em entrevista ao jornal Sport quais foram os motivos pela demissão de Ernesto Valverde do time blaugrana.

"Muitos jogadores não estavam satisfeitos, não trabalharam muito e também houve um problema de comunicação interna. A relação treinador-vestiário sempre foi boa, mas há coisas que como ex-jogador posso sentir. Contei ao clube o que pensava e tinha que tomar uma decisão", disse o francês, que é ex-jogador do Barça.

E Messi respondeu pelas suas redes sociais: "Sinceramente não gosto de fazer essas coisas, mas acho que cada um tem que ser responsável por suas tarefas e cuidar de suas decisões. Somos os primeiros a reconhecer quando não estivemos bem. Os responsáveis pela área da direção esportiva também devem assumir suas responsabilidades e sobretudo se encarregar das decisões que tomam", disse o camisa 10.

"Por fim, acho que quando se fala de jogadores deve dar nomes, pois, caso contrário, estaremos sujando todos e alimentando coisas que são ditas e não são verdadeiras", concluiu  Messi , que pode estar com os dias contados no Barcelona.

    Leia tudo sobre: Lionel Messi

    Veja Também

      Mostrar mais