Chelsea e Arsenal empatam em 2 a 2 arrow-options
Reprodução/Twitter Premier League
Chelsea e Arsenal empatam em 2 a 2

Observado in loco pelos auxiliares da seleção brasileira, o atacante Gabriel Martinelli foi quem mais brilhou no clássico entre Chelsea e Arsenal, por mais que o confronto pela Premier League tenha terminado em 2 a 2.

O empate sofrido conquistado pelos gunners em Stamford Brigde só foi possível pelo poder de decisão do brasileiro de 18 anos, que chegou ao décimo gol na temporada.

O Arsenal perdia por 1 a 0 e estava com um jogador a menos, já que David Luiz foi expulso ao cometer o pênalti que gerou a cobrança certeira de Jorginho. Era preciso um lance de talento para aliviar a pressão do time treinado por Mikel Arteta, que se via sufocado.

Foi um contrataque avassalador puxado por Martinelli que deu esperança de que o resultado negativo poderia ser evitado. O vigor da juventude desse atacante letal foi uma exibição espetacular no gramado. Ele contou com uma pitada de sorte porque Kanté escorregou na jogada. Estatelado no chão, tentou, em vão, conter a ímpeto de Martinelli, que correu para o abraço.

Nos minutos finais, o Chelsea chegou a ficar novamente à frente do placar, com Azpilicueta. Parecia que o cenário estava resolvido. Mas Bellerín acertou um belo chute e sacramentou a igualdade.

O que é desigual em relação aos demais é o talento que Martinelli tem demonstrado. E quem viu tudo de perto foram os auxiliares de Tite, Matheus Bachi e César Sampaio.

A próxima convocação da seleção será para os primeiros dois jogos pelas Eliminatórias, contra Bolívia e Peru, no fim de março.

    Veja Também

      Mostrar mais