Lance

Lance

Jürgen Klopp, técnico do Liverpool
Divulgação/LiverpoolFC
Jürgen Klopp, técnico do Liverpool

Atual campeão mundial e da Liga dos Campeões da Europa, o Liverpool está na iminência de ser também campeão inglês, mas além disso, outro problema está mexendo com a cabeça de Jürgen Klopp, treinador dos Reds.

Leia também: Após nove anos, Ashley Young deixa o United e chega à Inter de Milão

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira,  Klopp criticou fortemente a decisão da Confederação Africana de Futebol em recolocar a Copa das Nações Africanas para ser disputada em janeiro, ao contrário da última edição, realizada nos meses de junho e julho, no final de temporada europeia.

- Não posso respeitar mais a Copa Africana do que eu respeito, porque eu gosto da competição. Mas é um problema óbvio que você jogue um torneio no meio da temporada. A Copa Africana de Nações voltar para janeiro é, para nós, uma catástrofe. Além disso, não temos absolutamente nenhum poder, então se dissermos “não queremos liberá-lo”, o jogador está suspenso. Como é possível que uma empresa que paga o jogador não possa decidir se deve ficar ou não? Mas eu falo aqui sobre isso e ninguém vai ouvir. É como a maior perda de tempo da história. Enquanto nada mudar, eu direi isso o tempo todo. É porque é sobre os jogadores, nem um segundo sobre mim - disse Klopp, que também criticou a Uefa, a Fifa e a Federação Inglesa por conta do calendário.

- Sinto muito por Harry Kane, ouvi dizer agora que ele pode não estar na Eurocopa (por lesão). Pela primeira vez, alguns ingleses na FA (Federação Inglesa) podem pensar: “Oh, estamos jogando muito, talvez”. Algo tem que acontecer para que eles realmente comecem a pensar nisso. Fifa, Uefa e as federações de todos os países precisam se unir e finalmente resolver isso. Neste momento, a Fifa decide as coisas sem falar com a Uefa, a Uefa decide sem falar com a Fifa, aumentando a Liga dos Campeões e ninguém fala um com o outro. É a Fifa quem deve resolver tudo isso como chefe de todas as diferentes associações. É uma situação estranha, pois pedimos menos jogos e, neste caso, receberíamos menos dinheiro, mas estou pronto para pedir isso - finalizou.

    Veja Também

      Mostrar mais