Tamanho do texto

Com gols de Kross, Isco e Modric, time merengue vence por 3 a 1 e aguarda o vencedor de Barcelona e Atlético de Madrid, que se enfrentam nesta quinta

Lance

Real Madrid vence Valencia pela semifinal da Supercopa da Espanha arrow-options
Reprodução/Twitter Real Madrid
Real Madrid vence Valencia pela semifinal da Supercopa da Espanha

A torcida no Estádio King Abdullah, em Jidá, na Arábia Saudita, foi premiada com uma atuação de gala do Real Madrid. Nesta quinta-feira, pela Supercopa da Espanha , a equipe meregue dominou e venceu o Valencia por 3 a 1, em noite de golaços. Kross fez magia ao abrir o placar com gol olímpico que surpreendeu até a transmissão televisiva da partida. Os gols de Isco e Modric, completando o placar, não ficaram muito atrás. Parejo, de pênalti, já nos acréscimos, descontou para os Morcegos.

Diferente dos outros anos, quando o campeão do Espanhol enfrentava o vencedor da Copa do Rei em dois jogos, nesta edição, além dos dois campeões nacionais, os vices também disputam o torneio, dividido em jogos únicos de final, todos na Arábia Saudita. Nesta quinta, o Barcelona enfrenta o Atlético de Madrid . O vencedor enfrenta o Real Madrid no domingo.

MAGIA DE KROSS

O domínio dos madrilenhos no primeiro tempo foi absoluto. Foram 65% de posse de bola e 10 finalizações, contra duas do Valencia. Logo as quatro, Varane cabeceou da grande área e exigiu defesaça a à queima roupa de Doménech. Ao os 11, o lance mágico que enganou até o diretor de televisão. O Real teve escanteio, Toni Kross cobrou rápido, pegando todo o time valenciano desprevenido, e acertou um gol olímpico espetacular: 1 a 0!

NA VEIA!

O Valencia até teve um breve bom momento e chance com Gameiro, que cara a cara com Courtois, finalizou mal, para longe. O Madrid retomou o controle e após passe de Carvajal para Valverde na área, o uruguaio cruzou para trás e Modric bateu em cima da marcação. No rebote, Isco pegou na veia, bonito, e fez o 2 a 0. 

MODRIC COM 'NOJO'

O segundo tempo seguiu na mesma dinâmica. Antes dos 15, Isco, após linda arrancada, Isco finalizou com perigo, e Valverde, em jogada iniciada com um lindo passe de Kross, acertou a rede lateral do Valencia. Questão de tempo, o terceiro gol veio em novo golaço. Modric recebeu na direita e, mesmo sem ângulo, deu um tapa 'nojento', cheio de curva, com a parte externa do pé, e acertou a bochecha do gol de Doménech: 3 a 0. 

Os minutos finais seriam mera formalidade até que, já nos acréscimos, a bola resvalou no braço de Sérgio Ramos na área e o juiz, com auxílio do VAR, marcou pênalti. Parejo encheu o pé, acertou o ângulo esquerdo de Courtois, e descontou para os Morcegos.