Tamanho do texto

Com golaço do francês Gomis, o mais bonito do Mundial até agora, a equipe da Arábia Saudita venceu por 1 a 0 e se classificou para a semifinal do torneio

Lance

Gomis fez um golaço e classificou o Al Hilal arrow-options
Reprodução / FIFA
Gomis fez um golaço e classificou o Al Hilal

O Flamengo já sabe quem será o seu adversário na terça-feira, às 14h30 (de Brasília), pela semifinal do Mundial de Clubes: o Al hilal (SAU). Neste sábado, no Estádio Jassim Bin Hamad, em Doha, no Qatar, o time saudita venceu o Espérance (TUN), pelas quartas de final, e classificou-se para encarar o Rubro-Negro no Estadio Internacional Khalifa. O atacante francês Gomis, que entrou no segundo tempo, fez o gol da partida.

Leia também: Problema no joelho pode atrapalhar titular do Flamengo no Mundial de Clubes

O técnico do Fla, o português Jorge Jesus, que comandou o Al Hilal antes de assumir o Rubro-Negro, esteve no Jassim Bin Hamad para acompanhar a definição de seu adversário, junto com os seus comandados.

PRIMEIRO TEMPO SEM GOLS

O técnico romeno Razvan Lucescu surpreendeu ao escalar o Al Hilal sem o meia italiano Giovinco e o atacante francês Gomis, que ficaram no banco de reservas. Com dois conhecidos dos brasileiros como titulares, o volante colombiano Cuéllar, ex-Flamengo, e o meia Carlos Eduardo, ex-Fluminense, o time saudita foi pressionado no início do jogo, mas conseguiu se impor no decorrer da etapa inicial. Carlos Eduardo e o atacante peruano Carrillo se movimentaram bem, mas nada de grande perigo foi criado, exceto num chute de Carrilo defendido por Ben Cherifia aos 44 minutos. Na sequência, Yaakoubi mandou a bola por cima do gol.

GOMIS DECIDE

No segundo tempo, apesar da partida ainda truncada, o Espérance quase abriu o placar em uma falha da defesa do Al Hilal. Al-Shahrani cortou mal uma bola, que ia encobrindo o goleiro Al-Muaiouf. Este, porém, conseguiu se recuperar e dar um tapa na bola antes que ela entrasse no gol. Lucescu, então, trocou Cuéllar por Gomis. O colombiano já tinha cartão amarelo, devido a uma entrada dura em Badri, ainda no primeiro tempo, e saiu por precaução do treinador, que ainda adiantou a equipe do Al Hilal. Gomis precisou apenas de nove minutos em campo para provar porque tem o posto de craque. Aos 27, o francês recebeu a bola na entrada da área, deu um lençol em Yaakoubi e colocou a bola na rede. Gomis, que foi comandado por Jorge Jesus no próprio time saudita, no ano passado e no primeiro semestre deste 2019, comemorou em frente ao local onde estava a delegação do Flamengo e ainda apontou para lá. O Mister acenou para o francês.


DIA LOUCO PARA OS TUNISIANOS

Leia também: Gabigol repete gesto polêmico de Neymar e Ronaldinho em foto oficial do Flamengo

Os torcedores do Espérance não tiveram a alegria de ver o time classificado para a semifinal do Mundial de Clubes . Os tunisianos, porém, tiveram passagem marcante pelo Qatar. No início do segundo tempo, alguns deles acenderam sinalizadores na arquibancada e se envolveram em confusão com os seguranças, que chegaram ao local para impedir tal atitude.

FICHA TÉCNICA
AL HILAL 1 X 0 ESPÉRANCE

Estádio: Estádio Jassim Bin Hamad, em Doha (QAT)

Árbitro: Roberto Tobar (CHI) - Nota LANCE!: 7,0 (controlou bem o jogo e soube punir os jogadores infratores)
Auxiliares: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Alejandro Ortiz (CHI)
Árbitro de vídeo: Esteban Ostojich (URU)
Gramado: Bom
Cartões amarelos: Cuéllar, Kanno e Carrillo (AL Hilal); Badri (Espérance)
Cartão vermelho: Kanno 39'/2ºT (Al Hilal)

GOL: Gomis 27'/2ºT (1-0)

AL HILAL : Al-Muaiouf, Al-Burayk (Al Hafith), Al-Boleahi, Hyeon-su Jang, Al-Shahrani, Cuéllar (Gomis), Carlos Eduardo, Kanno, Al-Dawsari, Carrillo e Kharbin (Ateef) Técnico: Razvan Lucescu

ESPÉRANCE : Ben Cherifia, Derbali, Ali Yaakoubi, Bedrane, Chetti, Bonsu, (Yassine Khenissi), Benguit (Fadaa), Elhouni (Bensaha), Coulibaly, Ouattara, Badri Técnico: Moin Chaabani