Balotelli é jogador do Brescia
Gazzetta dello Sport
Balotelli é jogador do Brescia

Após sofrer comentários racistas no inicio do mês enquanto defendia o Brescia , o atacante italiano Mário Balotelli sofreu novamente injurias racistas. Dessa vez, do presidente e dono do próprio clube que defende, Massimo Cellino.

O dirigente usou como argumento o fato de Balotelli ser negro para explicar seu desempenho ruim dentro de campo. "Ele é negro, o que devo dizer? Está trabalhando para se clarear, mas está com dificuldade", afirmou aos jornalistas presentes

"Eu aceitei (contratação do jogador) porque considerava um valor agregado, ele deve dar respostas em campo, não nas mídias sociais. Mas ele não é o bode expiatório para a difícil situação do Brescia", completou.

Assista no vídeo:

No dia 3 de novembro, Balotelli sofreu injúria racial na partida contra o Hellas Verona. Aos 10 minutos do segundo tempo, quando o Brescia estava no ataque perto da linha de fundo, Balotelli estava protegendo a bola quando ouviu gritos racistas da torcida. Nesse momento, o atacante italiano pegou a bola, chutou em direção dos torcedores e decidiu deixar o gramado.

As criticas ao jogador vem também do técnico do clube, Fabio Grosso. De acordo com o jornal  Gazzetta dello Sport , o atacante foi expulso do treinamento do Brescia pelo treinador Fabio Grosso, na última semana, por parecer pouco interessado e dedicado durante o treinamento, e saiu de campo pelo menos 30 minutos antes do fim.

Em entrevista coletiva, Fabio Grosso também fez criticas ao jogador e afirmou que falta dedicação. 

"Eu disse a Balotelli desde o começo que ele pode ser um protagonista deste time se ele tiver a fome, a determinação, agressividade e entusiasmo, o tipo de características que frequentemente faltou a ele durante a carreira", disse.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários