Tamanho do texto

Evento aconteceu sem a ciência da CBF e da entidade sul-americana

Taça do Mundial de Clubes da Fifa arrow-options
FIFA/ Divulgação
Taça do Mundial de Clubes da Fifa

A Conmebol ficou bastante irritada com uma atitude da Fifa, que marcou reunião com representantes de clubes argentinos para tratar sobre o Mundial de Clubes de 2021 - que terá 24 times participantes.

Porém, nem a entidade sul-americana, nem a CBF e nem o Flamengo , que está na final da Libertadores deste ano, foram convidados. As informações são do UOL .

Além da Conmebol , ficaram de fora as outras federações continentais. Já o River Plate, outro finalista, e até o Boca Juniors, que ainda não é nem postulante à vaga, estiveram presentes.

O presidente do Real Madrid , Florentino Perez, terminou o encontro como presidente de uma nova associação de clubes para discutir a competição. Ele foi escolhido por pouco mais de 10 clubes.

O presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez, teria ficado extremamente contrariado por sequer ter sido avisado do encontro, sendo que a confederação sul-americana tem pleito de aumentar suas vagas no torneio, além de discutir o critério de classificação.

O presidente da Conmebol é aliado político de Gianni Infantino, representante máximo da Fifa.