Tamanho do texto

Episódio aconteceu aos 10 minutos do segundo tempo, quando Brescia estava no ataque e Balotelli protegia a bola, quando ouviu gritos racistas

Lance

Na manhã deste domingo, o Brescia, time de Mario Balotelli, enfrentou o Hellas Verona, fora de casa, pelo Campeonato Italiano e saiu de campo derrotado por 2 a 1. No entanto, o placar ficou em segundo plano, graças aos torcedores do Hellas .

Leia também:  Balotelli se irrita após substituição e quebra câmera de fotógrafo na Itália

Balotelli arrow-options
Getty Images
Balotelli foi alvo de racismo



Aos 10 minutos do segundo tempo, quando o Brescia estava no ataque perto da linha de fundo, Balotelli estava protegendo a bola quando ouviu gritos racistas da torcida. Nesse momento, o atacante italiano pegou a bola, chutou em direção dos torcedores e decidiu deixar o gramado.

Leia também: Jornalista alvo de machismo já teve nudes vazados e agradece Balotelli; entenda

Balotelli , no entanto, foi convencido a voltar para o jogo pelos companheiros de equipe e pelos adversários e retornou para o gramado. E no seu retorno, o atacante marcou um belo gol, já nos minutos finais, para diminuir a derrota do Brescia.

    Leia tudo sobre: Futebol