Valdivia distribui empanadas a manifestantes chilenos
Reprodução/Twitter
Valdivia distribui empanadas a manifestantes chilenos

O meia Valdivia , ex-Palmeiras, encontrou uma forma de tentar "limpar" a imagem ruim que gerou no Chile, após ser alvo de críticas por apoiar o presidente Sebastián. O jogador do Colo-Colo entregou empanadas aos para os manifestantes que estavam em uma estação de metrô em Santiago. Ao lado do irmão, o jogador ainda foi tietado por algumas pessoas.

Leia também: Ao som de Michael Jackson, Cristiano Ronaldo vai à Juve de "palhaço assassino"

A capital chilena tem vivido uma onda de protestos nas últimas semanas, por conta do aumento das tarifas de transporte. Houve confrontos entre manifestantes e as autoridades nos últimos dias.


A Ministra do Esporte do Chile, Cecilia Perez, informou nesta quarta-feira que a final da Libertadores está mantida em Santiago, no dia 23 de novembro, apesar de a Conmebol já avaliar uma opção em razão dos protestos no país.

- Ratifiquei a nossa firme vontade de realizar a final da Copa Libertadores. Para isso o Ministério do Interior está em conversas com a Conmebol. Uma partida como essa faz bem ao país. Queremos levar esse encontro esportivo adiante - afirmou a ministra.

O presidente do  Chile , Sebastian Piñera, cancelou dois eventos importantes no país no fim deste ano, em função da crise política e dos protestos recentes em Santiago. A decisão de cancelar a cúpula da Apec, a Cooperação Econômica Ásia-Pacífico e a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, a COP 25, acontece a poucas semanas da final da Libertadores entre Flamengo e River Plate, marcada para dia 23 de novembro e ainda sob risco.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários