Tamanho do texto

Em canal de TV argentino, Mariana Nannis revelou que ex-jogador abandonou casamento de mais de 30 anos para "viver com prostituta"

Caniggia fez o gol que eliminou o Brasil da Copa de 1990 arrow-options
Reprodução/Wikipedia
Caniggia fez o gol que eliminou o Brasil da Copa de 1990

Sempre cercado de polêmicas, o ex-jogador argentino Claudio Caniggia está envolvido em mais um escândalo. Segundo o jornal “The Sun”, sua esposa apareceu em uma emissora de TV da Argentina e fez acusações sérias contra o ex-atleta. Mariana Nannis disse que Caniggia a abandonou para viver com uma “viciada, que o deixa drogado o dia inteiro”.

Leia também: Aposentado há poucos dias, Sneijder aparece irreconhecível e bem acima do peso

A mulher revelou que Caniggia , hoje com 52 anos, largou o casamento de mais de três décadas e passou a morar com a modelo Sofia Bonnelli , que tem 26 anos. "Ele está com essa viciada, que o deixa drogado o dia inteiro. Eles vão acabar na cadeia. Eu me recuso a ir ao lugar onde ele está vivendo com aquela prostituta”, acusou Nannis.

A esposa de Caniggia fez outras revelações fortes sobre o ex-jogador: “Estava com dois meses de gravidez e ele me atirou contra um carro. No dia seguinte, vi muito sangue escorrendo pelas minhas pernas”, disse Nannis , afirmando que perdeu o bebê por conta do episódio de violência.

Caniggia ficou conhecido pelo público brasileiro por conta da Copa do Mundo de 1990, quando, ao lado de Maradona, eliminou o Brasil nas oitavas de final, marcando o gol da classificação argentina.

    Leia tudo sobre: Futebol