Tamanho do texto

O clube francês repudiou a atitude do atacante brasileiro, que sequer avisou que não se reapresentaria, e prometeu tomar "medidas apropriadas"

Neymar
Divulgação/PSG
Neymar não se reapresentou ao PSG nesta segunda-feira (08)

O elenco do Paris Saint-Germain se reapresentou nesta segunda-feira (08) para a realização de exames médicos, na cidade francesa de Neuilly-sur-Seine, e Neymar, especulado como possível reforço do Barcelona para a próxima temporada, não esteve presente na atividade.

Leia também: "Neymar quer sair do PSG, mas o PSG não quer negociar", diz presidente do Barça

De acordo com a imprensa francesa, tanto Neymar , que esteve presente no Maracanã no domingo (07) prestigiando a final da Copa América, quanto o uruguaio Edinson Cavani são esperados nos próximos dias em Paris.

Segundo o programa 'La Porteria', da Espanha, o atacante vai viajar nos próximos dias para Barcelona para tentar acelerar as negociações para seu retorno ao clube. Ainda de acordo com o programa, o brasileiro definirá seu futuro ainda nesta semana.

Em nota divulgada nas redes sociais do clube, o PSG repudiou a atitude do brasileiro e prometeu tomar medidas apropriadas.

Leia o comunicado do PSG:

"Nesta segunda-feira, 8 de julho, Neymar da Silva Santos Junior foi convocado para a retomada das atividades do grupo profissional do Paris Saint-Germain.

O Paris Saint-Germain descobriu que o jogador Neymar Jr. não apareceu na hora e no local combinados, sem ter sido previamente autorizado pelo clube.

Paris Saint-Germain deplora esta situação e tomará as medidas apropriadas resultantes dela"