Tamanho do texto

O jornal espanhol Sport chamou o meia de indolente e deu nota 0 por sua atuação diante do Liverpool

Coutinho em ação diante do Liverpool
Reprodução/Twitter
Após mais uma partida ruim, Coutinho foi criticado pela torcida e pela imprensa espanhola.

O momento de Philippe Coutinho no Barcelona está longe do ideal. Após mais uma atuação apagada diante do Liverpool, o meia foi duramente criticado pela torcida e pela imprensa espanhola. O jornal "Sport" foi um dos que mais atacou o brasileiro por sua atuação na tarde de ontem, dando nota zero ao meia.

Leia também: Em partida histórica, Liverpool goleia Barcelona e vai à final da Champions

Após a partida, o jornal atribuiu notas a todos os jogadores e ao técnico do  Barcelona . Considerado o pior jogador dentro de campo,  Coutinho recebeu nota zero e foi chamado de indolente pelo veículo.  A publicação diz ainda que o meia está perdendo confiança e não deveria ter sido titular durante o jogo contra o  Liverpool .

Além do Sport, outros jornais espanhois criticaram a atuação do brasileiro. O  "As" afirmou que Coutinho "não merece seguir vestindo a camisa" do Barcelona. O diário "Mundo Deportivo" foi um pouco mais agressivo e disse que o meia "voltou a ser irrelevante no ataque". Enquanto isso, o "Marca" disse que a atuação de Coutinho foi de "tapar os olhos".

Vai sair?

Coutinho pelo Barcelona
Marca/Divulgação
Philippe Coutinho está em baixa no Barcelona e pode deixar o clube ao final da temporada.

A má fase de Coutinho não é recente. Longe de render o esperado, o meia vem sendo criticado pela imprensa local e por torcedores, que começam a duvidar se sua capacidade de decisão. Apesar do rendimento baixo, PSG e Chelsea tinham mostrado interesse. Como o clube inglês não poderá contratar na próxima janela, o brasileiro pode acabar indo para a França.

Leia também: FIFA mantém punição e Chelsea fica proibido de contratar jogadores até 2020

Contratado em janeiro de 2018,  Coutinho chegou ao Barcelona com status de estrela. Após bons anos no Liverpool, esperava-se que ele fosse preencher a lacuna deixada por Neymar. Pela equipe espanhola, o brasileiro não rendeu o esperado. Em 74 jogos, o meia marcou 21 gols e deu 11 assistências. Apesar dos números bons, suas oscilações são alvos de críticas recorrentes.

    Leia tudo sobre: Futebol