Tamanho do texto

O diário espanhol Mundo Deportivo publicou lista com os 10 elencos mais caros do mundo, além dos jogadores que têm maior valor de mercado

Manchester City goleia o Southampton pela 11ª rodada do Campeonato Inglês
Reprodução/Twitter/premierleague
Manchester City goleia o Southampton pela 11ª rodada do Campeonato Inglês

O diário espanhol Mundo Desportivo publicou neste domingo (18) um levantamento com os elencos mais caros dos clubes de futebol mundial. Cinco das equipes no Top 10 disputam a Premier League.

O Manchester City lidera a tabela de clubes de futebol com o elenco mais caro do mundo: total de 894,4 milhões de euros (R$ 3,8 bilhões, na cotação atual). O segundo colocado é o Manchester United, com valor de elenco em 762,3 (R$ 3 bilhões).

O terceiro lugar ficou com o PSG – 748,9 milhões, seguido de Liverpool – 637,8 milhões; Chelsea – 627,5 milhões; Barcelona – 592,3 milhões; Juventus – 508,1 milhoes; Real Madrid – 471,5 milhões; Arsenal – 412,4 milhões e Bayern de Munique – 374,6 milhões.

De acordo com a publicação, os valores astronômicos registrados na pesquisa são reflexo do mercado de transferências que tem aumentado os preços dos jogadores. A Inglaterra se destaca no Top 10 pelo novo contrato de televisão.

O contrato de fevereiro teve um aumento considerável em relação ao último ano. Pelos próximos três anos serão quase R$ 23 bilhões de direitos de televisão, além de outros R$ 13,5 bilhões pela venda dos direitos de transmissão da Liga ao exterior.

Quem são os jogadores mais caros dos clubes de futebol?

Neymar é o jogador mais caro dos clubes de futebol mundial
Facebook
Neymar é o jogador mais caro dos clubes de futebol mundial

O diário espanhol também disponibilizou um levantamento sobre os jogadores mais caros de cada elenco dos clubes de futebol. A pesquisa teve como base o site Transfermarkt, em relação a última janela de transferências.

O brasileiro Neymar é o primeiro do ranking de 10 jogadores. O capitão da seleção brasileira custou 222 milhões de euros ao PSG (R$ 949 milhões), vindo do Barcelona. O segundo jogador mais caro também veste a camisa canarinho.

Parte da venda de Neymar fez o Barcelona contratar o meia Phellipe Coutinho, que se transferiu na última temporada do Liverpool para a Espanha. O jogador custou 130 milhões de euros (R$ 556 milhões) aos cofres da equipe catalã.

Veja abaixo o nome e valores dos outros jogadores do Top10 de mais caros da Europa:

  • Cristiano Ronaldo: 117 milhões (Real Madrid – Juventus);
  • Lukaku: 105 milhões (Juventus – Manchester United);
  • Bale: 101 milhões (Tottenham – Real Madrid);
  • Kepa: 80 milhões (Athetic Bilbao- Chelsea);
  • Van Djik: 78,8 milhões (Southampton- Liverpool);
  • De Bruyne: 76 milhões (Wolfsburg - Manchester City);
  • Aubameyang: 63,75 milhões (Borussia Dortmund – Arsenal);
  • Tolisso: 41,5 (Lyon - Bayern de Munique)

Se existem jogadores muito caros, existem também aqueles que são adquiridos por um preço muito baixo e acabam sendo um ótimo investimento. O Mundo Deportivo fez questão de lembrar dois casos.

O polonês Robert Lewandowski chegou ao Bayern de Munique de graça após o fim de seu contrato com o Borussia Dortmund, em 2014. E o zagueiro Gerard Piqué, do Barcelona, que chegou ao clube de futebol catalão em 2008 por apenas cinco milhões de euros.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.