Tamanho do texto

No comando da Celeste desde 2006, Óscar Tabárez chegou à semifinal da Copa do Mundo de 2010 e foi campeão da Copa América de 2011

Treinador do Uruguai desde 2006, Óscar Tabárez ganhará estátua em Montevidéu
Reprodução
Treinador do Uruguai desde 2006, Óscar Tabárez ganhará estátua em Montevidéu

No comando da seleção do Uruguai desde 2006, o treinador Óscar Tabárez ganhará uma estátua própria na capital do país sul-americano, Montevidéu.

Leia também: No Colo-Colo, Barrios diz que carinho por Palmeiras fica de lado na Liberta

A informação foi dada pelo jornal Tribuna que também revelou que  Óscar Tabáre z está próximo de renovar seu contrato com a seleção até o ano de 2022. Segundo o jornal, a renovação faria parte do projeto para a Copa do Mundo do Qatar.

A estátua deve ser construída nos próximos meses e ficará instalada no Palácio Municipal (La Explanada). No portal Montevideo Decide, portal ligado ao governo que apresenta propostas para a população, foi feita uma enquete sobre a opinião das pessoas sobre o assunto, rapidamente diversas respostas positivas à construção da estátua foram sinalizadas.

O sociólogo Éric Álvez foi o responsável pela criação do questionário e, em entrevista ao jornal El País, explicou que a homenagem tem relação com a postura de Tabárez durante entrevistas e o modo como desempenha seu trabalho na Celeste.

“O processo de Tabárez aconteceu quando toda a nossa geração era mais jovem, a identificação com a seleção era mais esportiva, agora existe algo que transcende o esportivo. Em dada coletiva de imprensa, o que eu sempre ressaltei é que o que ele falava não era apenas esportivo, era transmitir certos valores e certas análises da sociedade que fazia muitas pessoas diferentes se identificar”, declarou Álvez.

Leia também: França e Bélgica empatam em primeiro no ranking da FIFA; Brasil é terceiro

Se seguir no comando da seleção uruguaia, Tabárez irá para seu quarto mundial como treinador. Lembrando que o ‘professor’ já tinha estado há frente da Celeste nos anos 80 e retornou nos anos 2000. Juntamente com Joaquim Low, da Alemanha , são os técnicos mais longevos nas seleções atuais.

Óscar Tabárez foi campeão da Copa América 2011 com o Uruguai
Reprodução
Óscar Tabárez foi campeão da Copa América 2011 com o Uruguai

O Recordista em treinar seleções em Copas do Mundo é o iugoslavo Bora Milutinovic, que teve cinco participações por cinco nações diferentes (México em 1986, Costa Rica em 1990, Estados Unidos em 1994, Nigéria em 1998 e China em 2002). Logo atrás vem o brasileiro Carlos Alberto Parreira com quatro participações (Kuwait em 1982; Emirados Árabes Unidos em 1990; Brasil em 1994; e Arábia Saudita em 1998).

Leia também: Campeão com a França critica Neymar "tem ridicularizado o mundo"

Óscar Tabárez Silvam tem 71 anos, já foi zagueiro e atua como treinador desde 1980. Levou o Uruguai à semifinal da Copa do Mundo de 2010, além de ter sido campeão da Copa América de 2011. Em 2014, na Copa do Brasil, a Celeste foi até as oitavas-de-final e neste ano, na Rússia, caiu nas quartas-de-final.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.