Tamanho do texto

O camisa 10 entrou em acordo com o presidente da AFA e com o treinador interino da seleção. Decisão pode se tornar definitiva em 2019

undefined arrow-options
Divulgação/Fifa
Lionel Messi após a derrota para a Croácia na Copa do Mundo

Lionel Messi não será convocado para nenhuma partida da seleção argentina até o ano que vem, conforme informou o jornalista Hernán Castillo, da “TNT Sports”.

De acordo com o repórter, Messi entrou em acordo com Claudio Tapia, presidente da AFA e com o treinador interino, Lionel Scaloni.

O craque argentino teria decidido não vestir a camisa da seleção nunca mais, porém sua boa relação com o presidente tornou a decisão temporária.

Em 2019, com a contratação de um novo treinador e formação de um novo projeto, Messi decidirá se segue ou não representando a seleção argentina.

Leia também: Após Iniesta e Piqué, David Silva anuncia aposentadoria da seleção espanhola

Um dos desejos de Messi seria deixar de ser o centro das atenções na seleção e inclusive passar a braçadeira de capitão para outro jogador.

Essa não é a primeira vez que o camisa 10 ensaia se aposentar da seleção, em 2016 Messi chegou a se despedir após o vice na Copa América Centenário, mas voltou atrás e disputou as eliminatórias e o mundial.

Primeiros jogos sem Messi

undefined arrow-options
FIFA/ Divulgação
A seleção argentina entrará em campo sem Messi nos amistosos de setembro

As primeiras partidas da Argentina após a Copa do Mundo serão em setembro, em amistosos contra Guatemala e Colômbia, nos Estados Unidos.

Leia também: Samuel Eto'o é anunciado como novo reforço de time do Catar

Nesses jogos, a seleção será comandada por Lionel Scaloni e Pablo Aimar e sem a presença de Lionel Messi .

    Leia tudo sobre: Futebol