Tamanho do texto

Meia-atacante brasileiro revelou que saída do técnico italiano foi importante para que ele seguisse nos Blues: "Só sairei se o Chelsea quiser que eu vá"

O brasileiro Willian é peça importante no sistema ofensivo do Chelsea e fez uma boa última temporada. Mas o meia-atacante revelou que se Antonio Conte tivesse continuado à frente da comissão técnica do clube, ele teria seguido outros rumos.

Willian em ação pelo Chelsea na primeira rodada da Premier League contra o Huddersfield
Divulgação
Willian em ação pelo Chelsea na primeira rodada da Premier League contra o Huddersfield

"Sem chance. Não. Só estou agora aqui porque eu quero jogar pelo Chelsea. Eu só sairei se o Chelsea quiser que eu vá embora", revelou Willian , logo após a  vitória dos Blues sobre o Huddersfield pela primeira rodada do Inglês, no sábado, ao ser perguntado se seguiria no clube caso Conte permaneceesse.

O treinador italiano ficou no Chelsea entre 2016 e 2018 e, apesar de consquistar um Campeonato Inglês e uma Copa da Inglaterra, sua passagem ficou marcada por entreveros com jogadores brasileiros.

Diego Costa, por exemplo, deixou o clube ao fim da temporada 2016/17 por ter problemas com o técnico e David Luiz acabou indo para o banco durante a temporada passada.

Leia também: Presidente do Barcelona sobre Pogba: "Faltam 20 dias para o mercado fechar"

Willian fala sobre a nova fase do Chelsea

Willian e Hazard comemoram gol do Chelsea durante a última temporada
Reprodução/Instagram - @willianborges88
Willian e Hazard comemoram gol do Chelsea durante a última temporada

Antonio Conte deixou o escrete londrino ao fim da última temporada e quem chegou foi o compatriota Maurizio Sarri. A estreia oficial do ex-Napoli foi justamente contra o Huddersfield, fora de casa, com boas atuações dos dois brasileiros que lá permaneceram.

"Nós temos muitos jogadores de qualidade na frente. Jogadores como Eden Hazard e Pedro. Atletas como esses gostam de jogar futebol. Por isso Sarri falou sobre futebol prazeroso, porque ele quer que tudo seja construído desde trás. É isso que tentaremos fazer nessa temporada", acrescentou.

Leia também: Manchester City estreia com vitória sobre Arsenal; Liverpool goleia West Ham

O brasileiro de 30 anos também falou sobre o próximo rival do Chelsea no inglês, que será o Arsenal. Para ele, chegou a hora de encerrar uma série de seis jogos sem vencer o rival: "Acho que temos uma boa chance de virar os resultados contra eles porque agora temos um jeito diferente de jogar futebol", encerrou Willian .

    Leia tudo sobre: futebol