Tamanho do texto

Ex-velocista foi anunciado pelo Central Coast Mariners, da Austrália, e terá a chance de atuar no futebol profissional

Usain Bolt jogará futebol profissional pelo Central Coast Mariners, da Austrália
Reprodução
Usain Bolt jogará futebol profissional pelo Central Coast Mariners, da Austrália

O sonho de Usain Bolt em se tornar jogador de futebol profissional está realizado. O ex-velocista jamaicano, oito vezes campeão olímpico e recordista mundial nos 100 metros e 200 metros no atletismo foi confirmado como reforlo do Central Coast Mariners , time da primeira divisão do futebol australiano.

Leia também: Usain Bolt se despede das provas de 100m rasos com bronze no Mundial

" Usain Bolt comprometeu-se em um período indeterminado de treino no clube, com o objetivo de tornar o ‘homem mais rápido do mundo’ em jogador profissional", anunciou o clube em postagem nas redes sociais.

O Central Coast Mariners disse ainda que o acordo não garante que Bolt assine depois um contrato oficial com o clube, mas dá a ele uma oportunidade de conseguir o seu grande desejo de jogar futebol profissionalmente.

Leia também: Bolt gera polêmica ao vestir camisa "feminista" em festa de Carnaval

Num vídeo compartilhado nas redes sociais, o jamaicano agradeceu a oportunidade. "Estou ansioso por provar que com trabalho duro tudo se consegue. Vou dar o meu melhor. Tenham cuidado, estou a caminho", frisou, acrescentando: "Lembrem-se, eu não tenho limites".

Usain Bolt já estava atrás de um clube

Usain Bolt durante sessão de treinos no Borussia Dortmund
bvb.de/Divulgação
Usain Bolt durante sessão de treinos no Borussia Dortmund

Leia também: Jogador arranca à lá Bolt para fazer gol na Indonésia; assista ao vídeo

Usain Bolt , de 31 anos de idade, já esteve recentemente treinando no Borussia Dortmund, da Alemanha, e no Stromsgodset, da Noruega. Além disso, ele também participou de um jogo amistoso no Old Trafford, estádio do Manchester United, declaradamente seu clube do coração.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas