Tamanho do texto

O Milan pagará 18 milhões de euros pelo empréstimo de um ano do atacante argentino, que é esperado ainda hoje em Milão

Bonucci e Higuaín em campo pela Juventus
Getty Images
Bonucci e Higuaín em campo pela Juventus

Higuaín enfim será jogador do Milan. O clube rossonero e a Juventus chegaram a um acordo sobre o atacante argentino nesta quarta-feira (01).

Leia também: Milan anuncia a volta do brasileiro Leonardo em cargo diretivo

A transferência de Higuaín  para o Milan será por cerca de 18 milhões de euros, em um empréstimo de um ano, e com opção de compra definitiva por 36 milhões de euros ao fim da temporada.

A operação, ainda não anunciada oficialmente pelos clubes, inclui o retorno à Juventus de Leonardo Bonucci e a cessão ao Milan do também zagueiro Mattia Caldara, promessa da “Velha Senhora”.

Higuaín, de 30 anos, manterá no Milan seu salário anual de 7,5 milhões de euros, além de bônus, em um contrato que pode chegar a três anos.

De acordo com a imprensa italiana, o centroavante já está a caminho de Milão e é esperado para a assinatura do contrato.

A negociação para a volta de Bonucci para a Juventus começou com o interesse do próprio jogador, como confirmou o diretor do Milan, o brasileiro Leonardo.

Leia também: Cristiano Ronaldo faz primeiro trabalho de campo com companheiros da Juventus

“Tudo começou em uma ideia dele, uma ideia que foi tomada de maneira calma e sensata por parte do jogador. A partir daí nós conversaremos e veremos se a continuidade é possível”, finalizou Leonardo.

O zagueiro Bonucci foi o capitão do Milan na última temporada
Reprodução
O zagueiro Bonucci foi o capitão do Milan na última temporada


O zagueiro se transferiu recentemente da Juve para o Milan, onde disputou apenas uma temporada, sendo inclusive o capitão e grande jogador da equipe.

Por que Higuaín emprestado?

Leia também: Milan consegue reverter punição da Uefa e está liberado para jogar a Liga Europa

A negociação ocorre em forma de empréstimo porque o Milan está sob os olhos da UEFA por suspeitas de violação do fair play financeiro. Nicolás, irmão e agente de Higuaín , acelerou as negociações depois que a Juventus confirmou a contratação do português Cristiano Ronaldo. 

    Leia tudo sobre: Futebol