Tamanho do texto

Facundo Espíndola foi esfaqueado na saída de um bar, e o principal suspeito é o atacante Nahuel Oviedo, que foi preso logo após o crime

Goleiro é assassinado após briga com outro jogador de futebol na saída de um bar, em Hurlingham, região metropolitana de Buenos Aires. Facundo Espíndola , que foi goleiro de River Plate e Lanús, levou uma facada no peito, e não resistiu aos ferimentos. Nahuel Oviedo , ex-atacante do Huracán é o principal suspeito do crime.

Leia também: Pai do atacante Neymar perde a linha e ofende repórter: "Fiz festa com sua mãe"

Goleiro é assassinado após briga com outro jogador. Futebol argentino está de luto
Divulgação
Goleiro é assassinado após briga com outro jogador. Futebol argentino está de luto


Segundo o jornal “Olé”, da Argentina, a briga começou por volta das 06h em frente a um conhecido bar da região e se arrastou até o estacionamento de uma lanchonete, até o momento em que o goleiro é assassinado .

Imagens das câmeras de segurança do local mostram os atletas brigando, eles trocam socos e chutes, e são separados algumas vezes, até o momento em que Espíndola leva o golpe de faca no peito e não resiste.

Leia também: Após afastar ex-dono chinês por 'justa causa', Milan define novo presidente

Oviedo deixou o local em um veículo branco, junto com outro amigo. Os dois foram presos após alguns minutos, na região de Villa Tesei, e continuam detidos acusados de homicídio simples. O motivo da discussão entre os dois ainda não foi revelado.

Assista ao momento em que o goleiro é assassinado:

Essa não é a primeira vez que Oviedo responde por um crime. Seus antecedentes criminais começaram em 2011, quando ele foi condenado a cumprir três anos de prisão por roubar uma casa. Já no ano de 2013, o ex-jogador do Huracán foi preso após agredir uma policial mulher.

Leia também: Após protestos da torcida, clube cancela contratação de jogador negro

O atacante começou sua carreira no Huracán e passou por Sportivo Italiano, San Antonio do Chile, San Telmo, Deportes La Serena e Sportivo Barracas. Atualmente ele joga no San Telmo, conhecido como "El Candombero" na Argentina. O clube ainda não se manifestou sobre o caso.

Facundo Espíndola passou por Chacarita Juniors, River Plate e Lanús, mas foi revelado pelo clube Almagro. Em 2017 jogou pelo Atlético Uruguay, e atualmente estava sem clube. Goleiro é assassinado e deixa futebol argentino de luto.

    Leia tudo sobre: Futebol