Tamanho do texto

Dono da meta da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2018 está próximo de se tornar o mais caro da história: "A negociação está em fase avançada"

O goleiro Alisson deve mesmo ser anunciado como reforço do Liverpool em breve. O diretor-esportivo da Roma , o espanhol Monchi , confirmou nesta quinta-feira que a negociação para a transferência do brasileiro está próxima do fim.

Leia também: Manchester United se torna 2ª equipe mais valiosa do mundo em ranking de revista

Diretor-esportivo da Roma, Monchi confirmou que Alisson está em Liverpool para fechar com clube inglês
Reprodução
Diretor-esportivo da Roma, Monchi confirmou que Alisson está em Liverpool para fechar com clube inglês

De acordo com o dirigente, o negócio que envolve Alisson , Roma e Liverpool está sendo conduzido de forma tranquila. Ele também confirmou que o arqueiro titular da seleção brasileira na Copa está na cidade inglesa para realizar exames.

"É verdade que Alisson está em Liverpool. A negociação está em fase avançada, embora ainda não tenha sido fechada. Se tudo correr normalmente, acho que será concluída em breve. O jogador vai passar por exames médicos e, se ele for aprovado, o negócio pode seguir adiante", disse.

Monchi falou sobre o assunto durante uma entrevista para apresentar a contratação do holandês Justin Kluivert. Ele ressaltou que a venda de Alisson é financeiramente positiva para a Roma.

"Quando uma oferta muito significativa chega, você tem que considerá-la. Nós pesamos os prós e contras e decidimos conversar com o Liverpool", afirmou. "O trabalho de um diretor-esportivo não só é contratar ou planejar, também requer entender o que é melhor para o clube. Não conta só o aspecto esportivo, mas também o econômico. Chegou uma oferta com valores fora do mercado, muito importante", acrescentou.

Leia também: Sabia que a Liga dos Campeões já começou? E começou com uma voadora brutal

O dirigente ainda fez questão de agradecer o titular da seleção pelo que ele fez na Roma e pela postura que teve no momento de sair: "Só posso agradecer ao Alisson, nunca senti a pressão dele para sair. Ele aceitou a oferta do Liverpool, porque gostou da ideia de ir para o clube, mas sua atitude comigo foi impecável", salientou.

"Vender o Alisson não mostra uma falta de ambição. Para mim, ambição é fazer a coisa certa depois de planejar tudo. Eu vim aqui para construir uma equipe forte, não apenas por um ano, mas por muitos anos, e tenho 100% de certeza de que esse será o caso", completou Monchi.

Conforme informou a imprensa inglesa nesta quarta, o ainda dono da meta do escrete italiano deve ser negociado por 75 milhões de euros (R$ 336 milhões) , o que o tornará o mais caro da história.

Leia também: Neymar ironiza fama de cai-cai e cria o "desafio da falta" com crianças; assista

Possíveis substitutos de Alisson

Goleiro Alisson foi o titular da seleção brasileira durante a Copa do Mundo de 2018
André Mourão / MoWA Press
Goleiro Alisson foi o titular da seleção brasileira durante a Copa do Mundo de 2018

Ainda na coletiva, o diretor romanista revelou quais serão os alvos para substituir Alisson no gol. "Olsen (do Copenghague, da Dinamarca) é uma opção, mas estamos trabalhando com tranquilidade. É melhor que tenhamos boas condições econômicas e não escolhamos sob pressão", finalizou.

    Leia tudo sobre: futebol