Tamanho do texto

Em dia marcado pelo casamento real na Inglaterra, os Blues venceram os Diabos Vermelhos pelo placar mínimo e fecharam a temporada com título

Certamente, o  casamento real proporcionou um final feliz para o casal Harry e Meghan, mas teve gente com um motivo a mais para comemorar na Inglaterra neste sábado. Isso porque o Chelsea enfrentou o Manchester United , em Wembley, em Londres, pela final da Copa da Inglaterra , e levou a melhor, vencendo por 1 a 0 e conquistando a competição pela oitava vez em sua história, fechando a temporada abaixo do esperado, mas de forma digna.

Leia também: Buffon dá adeus à Juventus como um dos maiores goleiros da história

O Chelsea é o grande campeão da Copa da Inglaterra em 2018
Reprodução
O Chelsea é o grande campeão da Copa da Inglaterra em 2018

O gol da vitória e do título do Chelsea foi marcado por Eden Hazard, ainda no primeiro tempo, de pênalti. No geral, a equipe do contestado Antonio Conte foi melhor que a de José Mourinho, que mais uma vez mostrou um futebol apático, sem criação e de bolas alçadas na área sem objetividade.

Pelo lado dos Blues, vale a comemoração de um título ao final da temporada, apesar de não se classificar para a próxima edição da Liga dos Campeões. Já Mourinho fecha sua segunda temporada à frente dos Diabos Vermelhos sem título, mas com o vice-campeonato da Premier League e uma vaga na Champions 18-19.

O jogo

O duelo começou agitado em Wembley. Logo aos oito minutos, Hazard teve a primeira chance e viu De Gea defender bem com o pé. Quando a decisão estava equilibrada, o belga invadiu a área do United e foi derrubado por Phil Jones. Aos 21 minutos, ele mesmo foi para a cobrança e desta vez venceu De Gea para abrir o placar a favor do Chelsea.

A partir de então, os Blues ficaram mais fechados, o que complicou o time de Mourinho, que pouco conseguiu chegar na primeira etapa. Aos 44, Ashley Young cruzou e Jones cabeceou para assustar os torcedores do Chelsea, mas a bola foi para fora. Em resumo, foram poucas chances de gol nos primeiros 45 minutos da decisão da Copa da Inglaterra.

No segundo tempo, o United começou em cima e aos 11 minutos Rashford arriscou da entrada da área e Courtois fez ótima defesa. Aos 17, os Red Devils chegaram a marcar com Sánchez, mas ele estava impedido e a arbitragem anulou corretamente. No lance, o goleiro belga havia feito ótima defesa.

Eden Hazard bate pênalti para fazer o gol do Chelsea sobre o Manchester United na final da Copa da Inglaterra
Reprodução/Twitter
Eden Hazard bate pênalti para fazer o gol do Chelsea sobre o Manchester United na final da Copa da Inglaterra

Aos 24, o Chelsea chegou pela primeira vez no segundo tempo. Marcos Alonso recebeu livre dentro da área, mas ao puxar para a perna direita - que não é a boa dele - acabou chutando em cima de De Gea e perdeu grande chance para ampliar. Dois minutos depois, Courtois evitou o gol de empate, que seria de Rashford.

Leia também: Hart desabafa por não ter sido convocado pela Inglaterra: "Estou decepcionado"

Aos 34, Matic chutou forte de muito longe e Courtois mandou para escanteio. Dois minutos mais tarde, Pogba apareceu sozinho dentro da área, mas errou o cabeceio e a bola saiu pela esquerda do gol do Chelsea.

O Manchester seguiu com a bola no pé e no campo de ataque nos minutos finais, já que precisava do gol a qualquer custo. Os comandados por José Mourinho abusaram da bola aérea e não conseguiram concluir em gol. O Chelsea ainda prendeu a bola no campo de ataque por certo momento.

Aos 49, Martial teve chance de mandar a bola para a área em escanteio, mas cobrou nas mãos de Courtois. Aos 50, o árbitro Michael Oliver encerrou a partida para festa dos milhares de torcedores do Chelsea presentes em Wembley.

Jogadores do Chelsea comemoram gol de Hazard
Reprodução
Jogadores do Chelsea comemoram gol de Hazard

Ficha técnica

Chelsea 1 x 0 Manchester United - Copa da Inglaterra - Final

Local: Estádio Wembley, em Londres, na Inglaterra
Data: 19 de maio, sábado, às 13h15 (horário de Brasília)
Árbitro: Michael Oliver (ING)
Assistentes: Lee Betts e Ian Hussin (ambos ING)
Público: 87.647 torcedores
Gol: Hazard, aos 22'/1ºT (1x0)
Cartões amarelos: Phil Jones, aos 21'/1ºT e Valencia, aos 13'/2ºT (CHE)
Chelsea: Courtois, Azpilicueta, Chaill e Rüdiger; Moses, Kanté, Marcos Alonso, Fàbregas e Bakayoko; Hazard (Willian, aos 46/2ºT) e Giroud (Morata, aos 44'/2ºT).
Técnico: Antonio Conte
Manchester United: De Gea, Valencia, Smalling, Phil Jones (Mata, aos 42'/2ºT) e Ashley Young; Ander Herrera, Matic e Pogba; Lingard (Martial, aos 28'/2ºT), Rashford (Lukaku, aos 28'/2ºT) e Alexis Sánchez
Técnico: José Mourinho

There goes the full-time whistle! WE ARE FA CUP WINNERS!!! 🏆😃 #CFC #Chelsea

Uma publicação compartilhada por Chelsea FC (@chelseafc) em

Leia também: Em baixa, Conte pode sair do Chelsea e clube já tem alguns substitutos na mira

    Leia tudo sobre: futebol