Tamanho do texto

Portugês abre o placar logo aos dois minutos e amplia a vantagem do Real Madrid com lance de craque. Time merengue pode até perder o jogo de volta

Em uma repetição da decisão da última final da Liga dos Campeões , O Real Madrid não tomou conhecimento da Juventus e passou por cima do rival, mesmo jogando na Itália. Com dois gols de Cristiano Ronaldo , o segundo uma pintura de bicicleta, o time merengue venceu por 3 a 0 e está com um pé e meio na semifinal da competição. O terceiro gol foi marcado pelo brasileiro Marcelo, com uma assistentência do astro português.

Leia também: Veja lance a lance como foi o confronto entre Juventus x Real Madrid

Cristiano Ronaldo dando uma bicicleta que resultou no segundo gol do Real Madrid
Reprodução/Twitter
Cristiano Ronaldo dando uma bicicleta que resultou no segundo gol do Real Madrid

Com o resultado, a Juventus precisa de um milagre para reverter o resultado da tarde desta terça-feira. O Real Madrid pode até perder por dois gols de diferença no Santiago Bernabéu que fica com a vaga entre os quatro melhores times europeus da temporada 2017/18.

O jogo

Não teve aquilo de os times começarem se estudanto e trocando passes sem objetividade. Logo aos dois minutos, Marcelo achou Isco com bonito passe entre dois marcadores. O espanhol foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para trás. Cristiano Ronaldo se antecipou aos defensofes da Juve e deu um toque com o lado externo do pé para abrir o placar para o Real Madrid. Foi o gol mais rápido do gajo na Liga dos Campeões.

Cristiano Ronaldo Juventus x Real Madrid
Reprodução/Twitter/ChampionsLeague
Cristiano Ronaldo Juventus x Real Madrid

Mesmo saindo atrás no placar, a Juventus não se abateu. Aos 12 minutos, Higuaín tocou para o meio. Bentacur consegue finalizar, mas Sergio Ramos faz o corte com a cabeça. A bola tinha endereço certo. Dez minutos depois, foi a vez de Navas fazer uma defesa linda após Dybala cobrar falta na área e Higuaín completar de perna direita.

O Juve era melhor na partida e conseguia criar as melhores chances. No entanto, o Real Madrid quase aumentou a vantagem aos 35 minutos. Isco avançou pela esquerda e encontrou Benzema pelo meio. O francês deixou para Kroos, que arriscou uma bomba de longe e carimbou o travessão.

O primeiro tempo acabou com a torcida italiana pedindo pênalti em dois lances. Aos 43, Chiellini desviou de cabeça e a bola bateu no braço de Casemiro, mas o juiz mandou o lance seguir. No munuto seguinte, Dybala invadiu a área com um belo drible entre os zagueiros merengues e caiu pedindo pênalti. O árbitro viu simulação do argentino e deu cartão amarelo para o atacante.

Leia também: Neymar cogita jogar no Real Madrid ou nos dois gigantes de Manchester

Na volta do intervalo, quase que o Real Madrid marca novamente no início. Aos 4 minutos, Benzema tentou achar espaço na área, mas bola sobrou para Cristiano Ronaldo. O português finalizou cruzado, mas a bola foi para fora por pouco.

O segundo gol do gajo estava ficando maduro, mas saiu apenas aos 18 minutos. Chiellini se atrapalha com Buffon e deixa a bola livre para Cristiano Ronaldo. Ele toca na entrada da área para Vásquez. O espanhol finaliza forte e o goleiro italiano faz um milagre. No rebote, Carvajal cruza na área e o atacante português dá uma bicicleta de cinema e marca uma verdadeiro golaço! Os próprios jogadores do real Madrid ficaram sem acreditar na acrobacia. 

Os torcedores do time da casa aplaudem de pé o craque merengue. 

O que o time da Juventus não sentiu o primeiro gol, sentiu o segundo. Dois minutos depois, Dybala deixou o pé no peito de Carvajal e levou o cartão vermelho. Com um a menos, o time italiano se desmotivou e levou o terceiro tento.

Aos 35, Marcelo tabelou com Cristiano Ronaldo, deixou Buffon no chão e completou para o gol vazio. Mais um belo gol do Real Madrid em Turim.

Já nos acréssimos, mas duas chances predidas: aos 46, Cristiano Ronaldo quase completou seu hat-trick. Ele recebeu belo passe da direita e estava sozinho na área italiana, mas pegou muito embaixo da bola e isolou. Um gol que ele não costuma perder. No minuto segunte, foi a chance da Juve. Cuadrado tabelou com Higuaín, mas finalizou pensado quase na pequena área e a bola acabou indo pela linha de fundo.


Sevilla x Bayern de Munique

Na outra partida de hoje pelas quartas de final da Liga dos Campeões, mais um visitante conseguiu sair na frente ao derrotar o time da casa. O Bayern de Munique venceu por 2 a 1 e agora pode até empatar ou perder o jogo de volta por 1 a 0 para se classificar para a semifinal da competição.

O Sevilla abriu o placar com Sarabia. Aos 31 minutos do primeiro tempo, o meia dominou cruzamente e chutou forte, sem chances para Ulreich. No entanto, a vantagem não durou muito. Seis minutos depois, Ribéry cruzou tentando achar Lewandowski, mas a bola desviou em Jesús Navas e enganou o goleiro.

No segundo tempo, Ribéry cruzou novamente, mas dessa vez encontrou Thiago no meio da área. O brasileiro naturalizado enpanhol deu um belo peixinho e garantiu a virada para o time da baviera.

Leia também: "Talvez seja muito cedo para pensar nisso", afirma Messi sobre aposentadoria

Será que existe a possibilidade da Juventus reverter o placar do jogo de ida e eliminar o Real Madrid na Espanha? E o sevilla consegue derrotar o Bayern de Munique na Alemanha? Deixe a sua opinião nos comentários.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.