Tamanho do texto

Depois de anos de proibição, país do Oriente Médio voltará a receber jogos internacionais em três cidades; decisão foi muito comemorada

Após oficializar a utilização do árbitro de vídeo na Copa 2018 e revelar que a sede da Copa de 2026 terá votação popular, a  Fifa  anunciou outra importante decisão: o fim da sanção imposta ao Iraque ainda nos anos 1990 que proibia a realização de jogos internacionais no país. O comunicado foi dado na sexta-feira (16), durante o Conselho da entidade, que aconteceu em Bogotá, na Colômbia.

Leia também: Escolha da sede da Copa do Mundo de 2026 terá votação popular

Iraque poderá receber partidas internacionais de futebol após mais de 20 anos
Divulgação
Iraque poderá receber partidas internacionais de futebol após mais de 20 anos

A importante decisão foi comemorada neste sábado (17) pelo país do Oriente Médio, que sofre há décadas com violência. Através das redes oficiais, o governo do Iraque cumprimentou a decisão da Fifa de pôr fim ao veto para que partidas internacionais de futebol sejam realizadas no território.

"O Ministério da Juventude e Esportes está investindo em estádios de última geração e em melhorias nas instalações para apoiar o desenvolvimento do jogo em todos os níveis, incluindo na identificação de talentos", disse o governo iraquiano.

Em 2011, chegaram a acontecer jogos para as Eliminatórias da Copa, mas a permissão foi curta por conta da falta de segurança. Enquanto não podiam jogar em casa, os iraquianos mandaram seus jogos no Qatar, Jordânia, Emirados Árabes e Irã ao longo dos anos. Além disso, o país é o único a se classificar para uma Copa (1986) sem jogar qualquer partida em casa. Para comemorar a decisão, serão realizados amistosos contra Síria e Qatar na próxima semana, em Basra.

Leia também: Fifa confirma uso de árbitro de vídeo para Copa do Mundo de 2018

O primeiro-ministro do país, Haider al-Abadi, também se pronunciou sobre a decisão: "Parabéns aos fãs do futebol iraquiano pelo retorno das competitivas partidas internacionais aos estádios iraquianos. O trabalho duro para melhorar a segurança e a estabilidade está dando frutos. Esperamos que os esportes contribuam de forma importante para a socidedade iraquiana", escreveu no Twitter.

Onde serão os jogos?

Os confrontos internacionais poderão ser realizados nas cidades de Erbil (Curdistão), Basra e Carbala e a Confederação Asiática de Futebol (AFC) deve ainda dar a sua aprovação. O veto a Bagdá ainda não foi levado ao Conselho da Fifa, conforme informou o presidente da entidade, Gianni Infantino, em seu comunicado oficial sobre a decisão.

Leia também: Conheça todas as 32 seleções que irão disputar a Copa do Mundo de 2018

"Iraque, nós decidimos hoje que em três cidades, as quais testamos por um ano com vários jogos amistosos, Arbil, Basra e Karbala. Nessas três cidades, jogos internacionais serão permitidos. Obviamente, o organizador da competição, nesse caso, a AFC, obviamente, terão que tomar sua própria decisão a respeito, mas para a Fifa está tudo bem. Recebemos também um pedido para jogar partidas amistosas em Bagdá, mas este pedido ainda não foi aceito pelo Conselho. A situação ainda precisa ser monitorada".

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.