Tamanho do texto

Jogadores do Ascoli foram atacados por 10 pessoas na madrugada deste domingo. Os atletas voltaram para casa após derrota para o Venezia por 1 a 0

Dois jogadores do Ascoli , lanterna da segunda divisão do futebol italiano, foram agredidos na madrugada deste domingo (11) por um grupo de 10 pessoas, após mais uma derrota da equipe, a 16ª em 30 jogos na Série B.

Leia também: Times da Itália usarão camisas com frase em homenagem a Astori

Samuele Parlati com a camisa do Ascoli
Reprodução/Twitter
Samuele Parlati com a camisa do Ascoli

Enquanto chegava em sua casa, no centro histórico de Ascoli Piceno, na região de Marcas, o meio-campista Samuele Parlati quase levou um soco no rosto, mas conseguiu se esquivar e foi ao chão com o agressor.

O goleiro Vincenzo Venditti, que estava junto com Parlati, correu para ajudá-lo, mas levou um tapa de outro torcedor. O grupo ainda proferiu ameaças contra os dois jogadores e o restante da equipe. Todos os agressores estavam com os rostos cobertos por cachecóis do Ascoli.

Leia também: Fiorentina vence primeiro jogo sem Astori com gol de brasileiro que o substituiu

Compie oggi 21 anni Samuele Parlati!!! Buon compleanno, Samuele!!! 🎂 ⚪️⚫️🙌🏻 @samu1097

Uma publicação compartilhada por Ascoli Picchio FC (@ascolipicchio) em

Leia também: Sergio Ramos deixa gramado por 5 minutos e Zidane explica: "Foi ao banheiro"

Venditti ainda não fez nenhuma partida na atual temporada, enquanto Parlati disputou apenas um jogo. A equipe vem de derrota fora de casa para o Venezia por 1 a 0 e ocupa a 22ª e última posição na Série B, com 26 pontos. No entanto, o clube está a apenas 3 pontos do Virtus Entrella, o primeiro time fora da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, os jogadores do clube voltam a campo contra o Ternara, o penúltimo colocado da competição.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.