Tamanho do texto

Presnel Kimpembe não gostou de ter que falar sobre o craque brasileiro, que ficará afastado por até três meses por conta de lesão no pé direito

Neymar tem sido o assunto mais falado no mundo esportivo nos últimos dias. Por conta da lesão no quinto metatarso do pé direito, o jogador não participou do duelo contra o Olympique de Marselha, válido pela Copa da França, no qual o PSG venceu por 3 a 0, e ficará afastado dos gramados por até três meses após a cirurgia marcada para o próximo sábado. No entanto, mesmo fora do clássico que garantiu seu time na semifinal do torneio, o craque foi assunto na entrevista após a partida, mas teve gente que não gostou disso.

Leia também: Triste, Neymar será operado no sábado e prazo para volta aumenta para 3 meses

Neymar e Kimpembe jogam juntos pelo PSG, mas o zagueiro se incomodou com as muitas perguntas sobre a ausência do craque
Divulgação
Neymar e Kimpembe jogam juntos pelo PSG, mas o zagueiro se incomodou com as muitas perguntas sobre a ausência do craque

"Neymar outra vez? Neymar por aqui, Neymar por lá... Já não sei o que dizer. Se ele está fora, está fora. O treinador vai poder usar outros jogadores. A ausência nos dói, e sabemos que ele é um jogador importante para a equipe. Estamos todos sentidos e tentaremos nos classificar por ele, mas primeiro vem o time", disse o zagueiro Presnel Kimpembe ao jornal Le Parisien , irritado com os questionamentos sobre a ausência do camisa 10 no duelo de volta com o Real Madrid, pelas oitavas da Liga dos Campeões.

O substituto direto do brasileiro no duelo com o Olympique foi o argentino Di María, que não decepcionou e marcou dois gols - o outro foi de Cavani. O próximo confronto e o último antes do encontro com o Real Madrid será no próximo sábado, fora de casa, contra o Troyes, pelo Campeonato Francês.

Leia também: Médico escalado para cirurgia de Neymar já operou Ronaldo e Schumacher

Operação e tempo de recuperação

O camisa 10 da seleção brasileira e do PSG chegou ao Brasil nesta quinta-feira e será operado em um hospital em Belo Horizonte no sábado. A recuperação, de acordo com o médico responsável pelo procedimento, Rodrigo Lasmar, será de até três meses.

"A cirurgia vai ser realizada em Belo Horizonte, no hospital Mater Dei, no sábado, no período da manhã. A recuperação gira em torno de dois meses e meio a três meses. Isso depende muito da recuperação após a cirurgia. Depois do procedimento nós vamos ter mais detalhes, vamos conversar mais sobre isso", disse Lasmar à  TV Globo .

Leia também: Presidente do PSG fala sobre decisão de cirurgia de Neymar: "A melhor opção"

Segundo o médico da seleção, haverá tempo suficiente para que ele se recupere para a disputa da Copa do Mundo. "Nós temos tempo para recuperá-lo e tudo vai ser feito para que ele esteja pronto o mais rápido possível, para que ele possa ainda ter um tempo de fazer uma preparação adequada e chegar muito bem na competição", afirmou.

"O Neymar está, claro, triste, chateado. Mas entende que não tem outra alternativa agora que não seja se recuperar e se dedicar à recuperação, para que possa estar muito bem o quanto antes", finalizou Rodrigo Lasmar.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.