Tamanho do texto

Aos 40 anos de idade, o goleiro Gianluigi Buffon está de volta à Azzurra e vai vestir a camisa da seleção italiana novamente

Gianluigi Buffon está de volta à seleção italiana
Getty Images
Gianluigi Buffon está de volta à seleção italiana

Depois de ter decretado sua aposentadoria da seleção italiana , Gianluigi Buffon anunciou nesta terça-feira (27) que irá voltar a vestir a camisa da Azzurra. O goleiro vai entrar em campo para disputar os amistosos contra a Argentina e a Inglaterra. O anúncio de deixar a equipe aconteceu depois do fatídico jogo contra a Suécia, em novembro, que tirou a Itália da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Leia também: Buffon completa 40 anos e recebe homenagens de companheiros e da Juventus

"Pensava em curtir alguns dias de férias com minha família, mas quando a seleção precisa você tem que estar disponível e não pode decepcionar o país", disse Buffon ao canal Mediaset. "Apenas tenho um senso de responsabilidade e lealdade à seleção neste momento de transição. Um jogador experiente pode ser útil no começo, ainda que seja somente para dar conselhos aos jovens", completou.

Leia também: Presidente da Fifa diz que Itália fora da Copa do Mundo é uma 'tragédia'

A equipe agora está sob o comando do treinador interino Luigi Di Biagio, que já havia anunciado que pretendia convocar Buffon para a seleção, explicando que não era justo ele encerrar sua trajetória na Azzurra com a eliminação diante da Suécia. Passando por uma reconstrução, a tetracampeã mundial enfrentará a Argentina, em Manchester, e a Inglaterra, em Londres, nos dias 23 e 27 de março, respectivamente.

A ausência de Buffon na Copa do Mundo impedirá o goleiro de ser tornar o primeiro atleta a disputar seis Mundiais, além de ter vencido a de 2006, disputado na Alemanha. O goleiro da Juventus possui 175 partidas pela seleção da Itália.

Leia também: Atriz pornô fará calendário sensual para ajudar clube falido

Eliminação da Copa

Pela primeira vez na história desde 1958, a Itália não irá para a Copa do Mundo . Após a derrota por 1 a 0 no jogo de ida da repescagem contra a Suécia e o empate, a seleção italiana não vai à Rússia em 2018. O placar em 0 a 0 no estádio San Siro, em Milão, marcou ainda o adeus de Gianluigi Buffon na equipe.

Aos 39 anos de idade, o goleiro foi o que mais sofreu com a desclassificação do time do treinador Giampiero Ventura. Às lágrimas, Buffon lamentou que este fosse seu último jogo com a camisa da seleção italiana. "Estou dececionado porque nós falhamos. Era uma coisa que para a nosso país era muito importante. Não é por mim… É por todas as pessoas. É um desgosto que o meu último jogo pela seleção seja este, em que fomos eliminados”, disse.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.