Tamanho do texto

Angelo Preciado, do Independiente Del Valle, não teve outra alternativa para evitar as agressões dos atletas do River Plate-URU

Angelo Preciado, jogador do Independiente Del Valle, usou a bandeirinha de escanteio como arma
Reprodução
Angelo Preciado, jogador do Independiente Del Valle, usou a bandeirinha de escanteio como arma

Uma cena inusitada e lamentável chamou atenção em duelo da Copa Libertadores sub-20 , que está sendo disputada no Uruguai. Após a vitória por 3 a 2 do Independiente Del Valle-EQU sobre o River Plate-URU em uma das semifinais da competição, um jogador do time equatoriano foi encurralado por atletas rivais e se defendeu usando a bandeirinha de escanteio como arma.

Leia também: "Rato gourmet", mentiras e perrengues. As aventuras de um brasileiro na Ásia

Acuado pelos atletas adversários, o jovem Angelo Preciado não pensou duas vezes, retirou o objeto do gramado e conseguiu evitar que fosse agredido. Depois de se esquivar e afastar os rivais, o jogador recebeu a ajuda de seus companheiros até a confusão terminar.

Leia também: Estudo aponta 50 maiores promessas do futebol europeu; só um é brasileiro

Confira o vídeo do incidente:

O Del Valle se classificou para final da competição com gols de Jaramillo - que marcou duas vezes - e Plata, enquanto Neris e Vigo descontaram para o River uruguaio. Na grande final, o clube do Equador vai enfrentar o Nacional-URU, que eliminou o São Paulo na outra semifinal, vencendo por 3 a 0.

#IDV FINALISTA #ConmebolLibertadoresSub20 💪🏽😀👍🏽🚩 Vamos Muchachos!

Uma publicação compartilhada por Independiente del Valle (@independientedelvalle) em

Leia também: Conheça Filó, o primeiro brasileiro a vencer uma Copa do Mundo

Ainda não se sabe o motivo que deu início à confusão dentro de campo, mas os veículos de imprensa uruguaio informaram que o jogador equatoriano provocou os adversários do Uruguai assim que o árbitro apitou o fim de jogo, comemorando de forma efusiva o triunfo. 

    Leia tudo sobre: Futebol