Tamanho do texto

Torcedor e sócio do clube merengue, Mariano Rajoy afirmou que não gostaria de ver o atacante brasileiro defender seu time

Florentino Pérez, presidente do Real Madrid já deixou claro que quer ter Neymar no clube
Reprodução
Florentino Pérez, presidente do Real Madrid já deixou claro que quer ter Neymar no clube

Os rumores de que Neymar deixaria o Paris Saint-Germain rumo ao Real Madrid fez com que o primeiro-ministro da Espanha , Mariano Rajoy, se manifestasse. Torcedor assíduo e sócio do clube desde 1986, o governante não aprova a possível chegada do brasileiro. Quando questionado sobre o que pensava sobre ter o atacante no seu time do coração, ele não hesitou em ser sincero.

Leia também: "Meu estilo de jogo é bem de rua mesmo. Eu nunca vou mudar", garante Neymar

"Eu não gostaria de vê-lo de branco", disse Rajoy ao jornal espanhol As , sem menos, justificar sua resposta. No entanto, ao que parece, o primeiro-ministro é um dos poucos que possuem este ponto de vista. Vale lembrar que além de alguns jogadores já terem aprovado a vinda de Neymar, o presidente do Real Madrid também já demonstrou seu interesse em ter o brasileiro.

Leia também: Clube russo quase contratou Neymar por 10 milhões de euros, mas o achou "frágil"

Liga dos Campeões

Nesta próxima quarta-feira (14), o Real Madrid vai receber, justamente o PSG pelas oitavas de final da Liga dos Campeões . Como torcedor, Mariano Rajoy também deu seu pitaco. "Não vamos esquecer que é o Real Madrid e a Champions League é a sua competição favorita, ainda mais agora que a situação ficou ruim no Campeonato Espanhol e foi eliminado da Copa do Rei. São os mesmos jogadores do ano passado, e estamos falando do atual campeão, que ganhou três das últimas quatro Champions", disse.

Leia mais: "Neymar não vai para o Real. Coloco a minha mão no fogo", garante diretor do PSG

Expectativa de Neymar

Em grande fase com a camisa do Paris Saint-Germain , Neymar se prepara para o jogo mais importante desde que chegou ao clube: contra o Real Madrid, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. "Muito ansioso, assumo que quero que chegue logo esse dia porque além de jogar contra jogadores de muita qualidade, uma equipe tão grande quanto o Real Madrid, a gente gosta de se preparar para isso. Então a gente vai respeitá-los, encará-los da melhor forma possível e claro, vamos tentar vencer", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.